Em estreia de Cristiano Ronaldo, Benzema salva o Real

O português Cristiano Ronaldo era o grande astro do festa feita pelo clube irlandês Shamrock Rovers para o amistoso contra o Real Madrid, nesta segunda-feira. A partida disputada em Dublin, na Irlanda, marcou a estreia do ex-jogador do Manchester United pelo time espanhol, após ser contratado na transferência mais cara da história do futebol. Mas quem roubou a cena foi mesmo o atacante francês Karin Benzema, que marcou o gol da vitória do Real por 1 a 0.

AE, Agencia Estado

20 de julho de 2009 | 18h43

Atuando ainda sem os jogadores que disputaram a Copa dos Confederações - entre eles o brasileiro Kaká, também recém-contratado -, o Real escapou por pouco do empate sem gol com o time da primeira divisão irlandesa. Apesar de dominar o jogo e praticamente não permitir nenhuma chance de gol ao Shamrock Rovers, a equipe madrilenha teve dificuldade para conquistar a vitória, que só veio aos 42 minutos do segundo tempo.

Benzema, que também fazia sua estreia e entrou apenas no segundo tempo, recebeu lançamento do argentino Heinze na direita e partiu em direção ao gol. Mais na raça do que na técnica, o jogador revelado pelo Lyon invadiu a área, se livrou de um zagueiro e tocou na saída do goleiro. Assim, o francês ofuscava a estreia de Cristiano Ronaldo, que chegou a criar boas chances, mas ainda mostrou desentrosamento com seus companheiros de ataque.

O técnico Manuel Pellegrini surpreendeu por montar um esquema com três atacantes, com o português atuando de forma semelhante como fazia no Manchester. Enquanto Cristiano Ronaldo ficou mais aberto pela ala direita, Raúl e o argentino Higuaín ficaram mais centralizados. No intervalo, o treinador ainda fez nove substituições, deixando apenas o goleiro Dudek e o volante Lassana Diarra em campo desde o início.

ARSENAL VENCE - Também nesta segunda-feira, o Arsenal foi até Lincolnshire para disputar o amistoso contra a Lincoln City. Diante do time da quarta divisão inglesa, a equipe de Londres venceu por 3 a 2. A vitória só veio graças a um gol no fim do jogo. Aos 44 minutos do segundo tempo, o zagueiro Luke Ayling, que atua pelas categorias de base do Arsenal, garantiu o triunfo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.