Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Em estreia em casa, Inter encara Alianza Lima para manter ponta na Libertadores

Time brasileiro lidera o Grupo A, com três pontos, já que foi o único que venceu na primeira rodada

Redação, Estadão Conteúdo

13 de março de 2019 | 07h34

Depois de uma boa estreia na Copa Libertadores, com vitória fora de casa, o Internacional tenta seguir na liderança isolada do Grupo A e, para isso, terá de vencer o Alianza Lima, do Peru, no Beira-Rio, nesta quarta-feira, às 21h30.

O time brasileiro lidera a chave, com três pontos, já que foi o único que venceu na primeira rodada, ao bater o Palestino por 1 a 0. A outra partida, entre River Plate e Alianza Lima, terminou empatada por 1 a 1. Pela mesma rodada, o River recebe o Palestino no Monumental de Núñez, em Buenos Aires.

Com o volante Rodrigo Dourado recuperado de entorse no tornozelo esquerdo, o técnico Odair Hellmann pode contar com força máxima para escalar o Internacional. O treinador fechou as últimas atividades e evitou confirmar os titulares, mantendo uma dúvida no ataque.

Autor de dois gols nos últimos dois jogos, Pedro Lucas briga por um espaço no ataque, mas o treinador pode manter o experiente Rafael Sóbis no time inicial. O meia D'Alessandro também pode ser uma alternativa, reforçando a criação no meio-campo. Há ainda a possibilidade de o argentino entrar no lugar de Patrick.

No Alianza Lima, o grande desfalque é o atacante uruguaio Maurício Affonso, que não se recuperou a tempo de lesão. O mais provável substituto é Adrián Ugarriza, atuando como único homem de ataque no esquema 4-5-1 do técnico Miguel Ángel Russo.

Affonso é peça fundamental no time peruano e o treinador lamentou sua ausência em uma partida tão importante para a equipe peruana, já que sabe que o Inter deve comandar as ações do jogo.

"É um jogador importante que não poderá nos ajudar nessa partida. Ele tem bom entrosamento com Manzaneda e Quevedo pelas pontas. Mas nosso elenco tem outras peças e podemos superar essa baixa", analisou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.