Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Em evolução, filho de Raniel deve respirar sem aparelhos em breve

Felipe, de 10 meses, segue se recuperando após sofrer afogamento em piscina na casa do jogador do Santos

Redação, Estadão Conteúdo

04 de abril de 2020 | 17h06

O atacante Raniel e sua família tiveram uma boa notícia. Felipe, o segundo filho do jogador do Santos, tem apresentado evolução no processo de recuperação do seu afogamento em uma piscina e a expectativa dos médicos é para que ele consiga respirar sem o auxílio de aparelhos em breve.

Felipe, de apenas 10 meses, está na UTI após sofrer afogamento em 23 de março. O estado de saúde do bebê chegou a ser considerado grave, mas ele tem evoluído para um quadro mais estável, tendo aberto os olhos pela primeira vez no último sábado.

Neste sábado, então, a assessoria de imprensa de Raniel explicou que o segundo filho do atacante santista tem se alimentado normalmente. E agora há a previsão de que ele consiga respirar sem qualquer auxílio nos próximos dias, embora o comunicado destaque que o processo de recuperação é "lento" e demanda "paciência".

"Felipe vem se recuperando e evoluindo bem, é um processo lento e por isso temos de ter paciência com os quadros clínicos apresentado. Após abrir o olho e se alimentar, nos próximos dias, ao que tudo indica, deve voltar a respirar sem a ajuda dos aparelhos. Reforçamos os pedidos de luz e força para toda a família. #ForçaFelipe", afirma a assessoria de imprensa do jogador.

Em negociação que envolveu a transferência em definitivo de Vitor Bueno ao São Paulo, Raniel chegou ao Santos no início da temporada 2020. O atacante soma dois gols marcados em seis partidas disputadas pelo clube.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

8 meses do meu amor❤️

Uma publicação compartilhada por Raniel Santana (@raniel) em

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos Futebol ClubeRaniel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.