Reuters
Reuters

Em expansão, franquia de escola de futebol de Ronaldo Fenômeno chega aos EUA

Unidade de Orlando será a primeira nos Estados Unidos

O Estado de S.Paulo

10 de julho de 2017 | 10h59

O ex-jogador Ronaldo Fenômeno vai inaugurar sua primeira escola de futebol nos Estados Unidos. Marcada para 22 de julho, a nova unidade da Ronaldo Academy – sua rede de academias de futebol em parceria com o empresário Carlos Wizard Martins – vai funcionar em Orlando, na Flórida.

Foram investidos cerca de US$ 4,5 milhões no empreendimento (quase R$ 14,7 milhões na atual cotação). O espaço de mais de 20 mil m² terá quatro campos profissionais - um com grama natural, dois campos de treinamento com grama artificial e um indoor - chuveiros, vestiários, salão climatizado, lanchonete e áreas cobertas.

Assim como as outras mais de 30 unidades da Ronaldo Academy em funcionamento, a escola vai oferecer treinamento e jogos, desenvolvimento e melhoria de fundamentos do futebol, oficinas e também alugel dos campos para times adultos.

“Vemos uma grande oportunidade para desenvolver ainda mais o futebol nos Estados Unidos e mostrar os muitos benefícios sociais e de saúde associados com o esporte”, destaca Ronaldo Fenômeno.

Fundada há quase dois anos, a Ronaldo Academy já possui unidades comercializadas no Brasil, China, Colômbia e México. No Brasil, a abertura de uma franquia custa entre R$ 300 mil e 500 mil. Em troca, o dono da escola recebe a customização das quadras e uniformes e a vantagem de estampar a “marca” Ronaldo. A média é de 200 alunos por unidade. 

Na China, a escola integra um convênio com as secretarias de educação de seis províncias para ensinar futebol como um complemente das aulas de educação física.

A estratégia da China é inserir Ronaldo no plano estratégico traçado pela Federação de Futebol da China local que pretende investir em 20 mil centros de treinamento e 70 mil campos até 2020. Eles querem construir um campo de futebol para cada 10 mil habitantes até 2030 e, até lá, colocar o time masculino entre os melhores da Ásia, e o feminino entre os melhores do mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
RonaldinhoFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.