Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Em fase ruim no Brasileiro, Grêmio busca dar resposta para amenizar turbulência

Time de Renato Gaúcho venceu apenas seu primeiro compromisso, depois foram quatro empates e uma derrota

Redação, Estadão Conteúdo

06 de setembro de 2020 | 15h37

Em seu pior momento na temporada, o Grêmio teve pouco tempo para lamentar os últimos tropeços no Campeonato Brasileiro. Sem vencer há cinco jogos na competição, a equipe gaúcha busca reagir diante do Atlético-GO, neste domingo, às 19 horas, em Goiânia. O duelo é válido pela oitava rodada.

Tido em mais uma temporada como um dos postulantes ao título, o Grêmio vem derrapando no campeonato. Só venceu uma vez, a partida de estreia diante do Fluminense. Depois, acumulou quatro empates seguidos até ser derrotado em casa para o Sport na última quinta-feira. O revés deixou o clima tumultuado e manteve a equipe na parte de baixo da tabela, com sete pontos.

Apesar do discurso confiante de que acredita que sua equipe vai voltar a vencer e jogar bem, e de ter dito que gostou do que viu contra o então lanterna da competição, o técnico Renato Gaúcho está insatisfeito e já avisou que fará mudanças na equipe. A maioria das alterações deve ser do meio para frente.

Matheus Henrique caiu de rendimento, Jean Pyerre, cujo pai está internado com covid-19, não vive grande fase, e Alisson têm produzido pouco. É improvável que o trio siga entre os titulares.

Mas o que menos tem agradado é Thiago Neves. O meia recebeu uma oportunidade como titular na última partida e não correspondeu. Depois, foi muito criticado pelos torcedores e o clube decidiu rescindir o contrato do meia após apenas 14 jogos. Em suas redes sociais, o jogador disse que a notícia o pegou de surpresa e se mostrou chateado com o rompimento do vínculo.

Renato Gaúcho tem que encontrar no elenco alternativas para fazer a performance da equipe melhorar. Isaque, Luiz Fernando, Robinho, Everton são as principais opções. A tendência é de que dois deles sejam escalados contra o Atlético-GO. Everton já foi titular e não decepcionou. Robinho saiu do banco e deu o passe para Pepê marcar o único gol no revés para o Sport.

Para piorar, Pepê deve ser desfalque. O atacante sentiu novamente um incômodo na coxa esquerda na rodada anterior e a tendência é de que não jogue. Um dos poucos que vêm mostrando poder de decisão, o jovem já havia ficado fora do segundo jogo da final do Campeonato Gaúcho em razão do mesmo problema. Maicon, também com dores musculares, deve seguir fora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.