Em Florianópolis, Goiás enfrenta o Figueirense de olho no G4

Ameaçado, Guto Ferreira precisa de bom resultado no retorno ao Orlando Scarpelli após suspensão

Rubens Santos, Agência Estado

25 de maio de 2014 | 08h45

GOIÂNIA - De olho no G4 do Campeonato Brasileiro, o Goiás pega o Figueirense, neste domingo, às 16 horas, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela sétima rodada. O time goiano está em sexto lugar, com 11 pontos e a somente dois do líder Cruzeiro.

Para este jogo, há expectativa de mudança na formação do meio de campo, com Érik e Assuério iniciando o confronto nas vagas de Esquerdinha e Tiago Real, respectivamente.

O técnico Ricardo Drubscky visa dar maior velocidade e criatividade à equipe, após o empate por 2 a 2 com o Santos, na última rodada, jogando em casa. Mas espera gols de sua nova aposta, o centroavante Bruno Mineiro, que começa no banco de reservas. Contratado junto ao Atlético Paranaense, vai substituir o ídolo e goleador Walter, agora no Fluminense.

Após cumprir a punição de dois jogos como mandante fora de Santa Catarina, o Figueirense aposta no apoio da torcida contra o Goiás, na primeira partida em Florianópolis pelo Campeonato Brasileiro. O jogo será neste domingo, às 16 horas, no estádio Orlando Scarpelli, pela sétima rodada da competição.

Após a derrota para o Palmeiras na última rodada, o técnico Guto Ferreira ainda demonstra confiança na equipe que derrotou o Corinthians no Itaquerão. "Mudança do esquema tático de maneira alguma. Eu acho que se você começa a mudar o tempo todo, você tira a confiança de quem está jogando e impede que ele cresça", disse.

Quem também mantém o pensamento positivo após a derrota é o lateral esquerdo Guilherme Lazaroni, que vê evolução no time. ""É difícil. Na minha visão, fizemos um bom jogo. Se for ver os quatro jogos que a gente perdeu no começo e o jeito que a gente está jogando agora, acho que teve uma crescente muito boa", afirmou. Para a partida, a única dúvida ainda é o volante Nem, em recuperação no departamento médico. 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoGoiásFigueirense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.