Rubens Chiri / São Paulo FC
Rubens Chiri / São Paulo FC

Em função diferente, Tchê Tchê festeja vitória do São Paulo: 'Importância enorme'

Escalado para substituir Luciano, meiocampista foi um dos destaques no triunfo contra o vice-líder Atlético-MG

Redação, Estadão Conteúdo

17 de dezembro de 2020 | 00h50

Novidade na escalação do São Paulo, Tchê Tchê foi um dos melhores em campo no triunfo por 3 a 0 sobre o Atlético-MG nesta quarta-feira, no Morumbi. O jogador, escalado para substituir Luciano, machucado, jogou mais adiantado e teve papel importante na vitória no duelo direto pela liderança do Campeonato Brasileiro.

O meio-campista comemorou o resultado em casa que deixou o São Paulo confortável na primeira colocação, com 53 pontos, sete de vantagem para o Atlético-MG, que pode perder o segundo lugar para o Flamengo.

"Primeiro quero agradecer por mais uma oportunidade de fazer o que amo, meus companheiros que ajudaram muito. Foi uma função diferente. Importância da vitória é gigantesca, eles (Atlético-MG) fazem excelente campanha. Estão na vice-liderança", disse o jogador, que, com a presença de Luan, teve mais liberdade para chegar à frente. Antes, ele era titular, mas perdeu a vaga justamente para o jovem volante, fundamental para dar equilíbrio à equipe.

Tchê Tchê admitiu que o time tricolor teve um desempenho abaixo do esperado no clássico contra o Corinthians, no qual saiu derrotado por 1 a 0, no último domingo, e valorizou o resultado positivo em cima do rival mineiro.

"Treinamos bastante. Ficamos um pouco abaixo no domingo, clássico é detalhe. Saímos atrás, não conseguimos buscar, mas ficamos muito felizes pela vitória. Foi um time que nos dificultou muito, mesmo com um a menos. É comemorar e amanhã voltar ao trabalho".

Com a liderança garantida ao menos até a virada do ano, o São Paulo esquece o Brasileirão por um momento e foca na Copa do Brasil. Na próxima quarta-feira, às 21h30, o time fará o jogo de ida das semifinais diante do Grêmio, em Porto Alegre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.