Adrian Dennis/AFP
Adrian Dennis/AFP

Em grande fase na Bélgica, Hazard avisa: 'Essa deve ser a minha Copa do Mundo'

Meia-atacante teve uma boa atuação na estreia belga no Mundial

Estadão Conteúdo

20 Junho 2018 | 18h14

Grande astro da talentosa geração belga, que confirmou o favoritismo e venceu o Panamá em sua estreia da Copa do Mundo, Hazard está confiante em ser protagonista na Rússia. O atacante do Chelsea disse estar ciente da expectativa que recai sobre a seleção e sente que será um Mundial especial para ele.

+ Hazard comemora força do conjunto belga em vitória

+ Imprensa belga elogia estreia do país na Copa, mas aponta ressalvas

"Esta deve ser a minha Copa do Mundo", afirmou o jogador ao jornal belga Gazet van Antwerpen. "Eu também tenho a sensação de que deveria ser a minha Copa do Mundo. Tenho agora 27 anos, estou jogando minha segunda Copa do Mundo, tive uma temporada boa individualmente. Há todos os elementos para que eu faça um bom torneio", completou o belga.

Hazard é costumeiramente caçado em campo e, apesar disso, sofre poucas lesões. Contra os panamenhos, não foi diferente. Recebeu algumas faltas mas aguentou a dura marcação e assegurou que não se preocupa com o jogo duro dos rivais.

"Meu segredo para não ficar machucado com muita frequência? Estou acostumado. Estou no futebol há dez anos e jogo contra defensores que jogam duro. Apenas ajo como se não tivesse acontecido. Nunca tenho medo", garantiu.

 

O jogador mostrou certo incômodo com as cobranças sobre a equipe. Ele considera algumas exageradas e diz que nem sempre é possível jogar bem.

"Nós vimos durante a Copa do Mundo que, com exceção do primeiro jogo da Rússia, quase todos os jogos foram vencidos com um ou dois gols de diferença. Mas todos sempre esperam da Bélgica que sempre jogue futebol, que tenhamos 80% de posse, que chutemos a meta cinquenta vezes e façamos quarenta gols (risos), mas eu lhe digo: o mais importante é que ganhemos nossos jogos", avisou.

Com a vitória na primeira rodada, a Bélgica tem a possibilidade de garantir vaga na fase eliminatória com antecedência. O adversário na próxima rodada do Grupo G será a Tunísia, às 9 horas (de Brasília) no próximo sábado, no Spartak Stadium, em Moscou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.