Pedro Souza/Agência Galo
Pedro Souza/Agência Galo

Em jogo atrasado pelo Brasileirão, Athletico-PR derruba o líder Atlético-MG no Mineirão

Equipe paranaense não dá chance ao rival mesmo jogando fora de casa, faz 2 a 0 e sobe cinco posições na tabela

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2020 | 21h23

O Athletico Paranaense impediu que o Atlético Mineiro abrisse vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro e, de quebra, subiu cinco posições na tabela de classificação ao bater o rival por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, no Mineirão, em jogo adiado da sexta rodada.

Com o resultado, o Athletico-PR subiu para a décima posição, com 25 pontos, abrindo três do Vasco, o primeiro clube dentro da degola. O Atlético-MG, por outro lado, segue em primeiro, com os mesmos 38, mas com três partidas a mais do que o São Paulo, o terceiro, com 36.

A forte chuva que caiu na noite desta quarta-feira em Belo Horizonte prejudicou o estilo de jogo do Atlético-MG, que pouco produziu durante o primeiro tempo. Apagada, a equipe de Jorge Sampaoli, em quarentena por conta da covid-19, sequer conseguiu ameaçar e viu o adversário ser efetivo e construir boa vantagem.

Aos 34 minutos, Erick recuperou a bola, após erro bobo de saída de bola do Atlético, avançou com muita liberdade e tocou para Christian, que dominou, ajeitou para a esquerda e mandou no fundo das redes. O time mineiro tentou responder em chute de Guilherme Arana, mas Santos defendeu.

A equipe paranaense voltou a ser eficiente e fez o segundo aos 45 minutos. Nikão recebeu livre de marcação, avançou com tranquilidade e arriscou. A bola desviou em Bueno e acabou enganando o goleiro Éverson, sem dar qualquer tipo de possibilidade para uma reação imediata do adversário.

No segundo tempo, o Atlético-MG tentou uma pressão inicial, mas as melhores chances saíram pelo lado paranaense. Nikão arriscou de fora da área e jogou rente à trave. Richard também tentou, mas errou o alvo. O time de Sampaoli continuou displicente no meio de campo e cometendo erros bobos.

Com uma atuação longe da ideal, o Atlético-MG pouco produziu e escapou de perder por um placar ainda mais elástico, em parte por causa de Éverson, que fez uma excelente defesa no arremate de Bissoli para o time paranaense, que administrou a vantagem e se distanciou da degola.

O Athletico volta a campo no sábado, às 19h, para enfrentar o Santos na Arena da Baixada, em Curitiba. No domingo, às 16h, o Atlético-MG visita o Ceará no Castelão, em Fortaleza.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 0 X 2 ATHLETICO-PR

ATLÉTICO-MG - Everson; Talison (Wesley), Bueno, Igor Rabello e Guilherme Arana; Jair, Hyoran (Nathan) e Zaracho (Calebe); Marrony (Borrero), Eduardo Sasha e Keno. Técnico: Lucas Gonçalves (interino)

ATHLETICO-PR - Santos; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner Vinícius; Richard (Wellington), Christian e Fernando Canesin (Léo Cittadini); Nikão (Fabinho), Renato Kayzer (Bissoli) e Reinaldo (Zé Ivaldo). Técnico: Paulo Autuori.

GOLS - Christian, aos 34, e Nikão, aos 45 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES).

CARTÕES AMARELOS - Bueno e Keno (Atlético-MG); Christian e Richard (Athletico-PR).

LOCAL - Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.