Em jogo com 3 gols contra, Empoli derrota o Napoli pelo Campeonato Italiano

O Napoli entrou em campo nesta quinta-feira sabendo que precisava vencer para seguir com boas chances de classificação à próxima edição da Liga dos Campeões da Europa. No entanto, nada deu certo para o time napolitano, derrotado pelo Empoli por 4 a 2, no estádio Carlo Castellani, em Empoli, no encerramento da 33.ª rodada do Campeonato Italiano. Tanto que tudo deu errado que dois gols da equipe da casa foram contra - os visitantes também foram ajudados com um gol contra.

Estadão Conteúdo

30 de abril de 2015 | 18h01

O resultado foi péssimo para o Napoli na briga para jogar a principal competição de clubes da Europa. Como Lazio e Roma venceram na última quarta-feira, o time napolitano agora ficou bem atrás dos rivais da capital italiana. Com 56 pontos, está com cinco de desvantagem para a Roma, a terceira colocada e que hoje disputaria os playoffs, e seis distante da Lazio, vice-líder e que estaria garantida na fase de grupos.

A maior esperança para o Napoli agora passa a ser a Liga Europa, em que está na fase semifinal. O time encara o Dnipro, da Ucrânia, nos dois próximos meios de semana e luta para chegar à decisão do próximo dia 27 em Varsóvia, na Polônia, contra o vencedor de Sevilla e Fiorentina. Nesta temporada, a Uefa dará uma vaga na próxima Liga dos Campeões ao campeão da Liga Europa.

Já o Empoli fez muita festa com a vitória. Com 38, o time está na 15.ª colocação e acabou com qualquer risco de rebaixamento à segunda divisão. Tem 14 pontos a mais que Cagliari e Cesena, que integram a zona da degola do Campeonato Italiano.

Em campo, o Empoli começou melhor e aproveitou falhas da zaga do Napoli para abrir o placar com Maccarone, logo aos 8 minutos de jogo. Com mais posse de bola, o time visitante buscou uma reação, mas não tinha efetividade no ataque. Pouco antes do intervalo, novos erros da defesa napolitana e mais dois gols dos mandantes - do zagueiro Britos, contra, aos 43, e do meia Riccardo Saponara, aos 45, de voleio.

Na segunda etapa, o Napoli foi todo ao ataque, mas seguia sem forças para ameaçar o gol do Empoli. Tanto que contou com uma ajuda do zagueiro Laurini, que marcou contra aos 19 minutos, para diminuir. Só que a reação ficou nisso e mais um gol contra, desta vez do espanhol Albiol, aos 36, enterrou qualquer sonho napolitano. No fim, aos 46, Hamsik diminuiu para os visitantes, mas só serviu para evitar a goleada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.