Reprodução/Criciúma Twitter Oficial
Reprodução/Criciúma Twitter Oficial

Em jogo com 4 expulsões, Criciúma busca empate nos acréscimos contra Atlético-GO

Resultado deixa o time catarinense com 24 pontos, na zona intermediária da tabela, enquanto equipe goiana segue na luta para permanecer no G-4

Estadão Conteúdo

11 Agosto 2018 | 19h49

Criciúma e Atlético-GO fizeram um jogo de fortes emoções no estádio Heriberto Hulse, em Santa Catarina, na tarde deste sábado, que terminou empatado por 1 a 1. O duelo, válido pela 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, teve quatro expulsões e empate já nos acréscimos.

O resultado deixa o time catarinense com 24 pontos, na zona intermediária da tabela, enquanto o Atlético-GO, com 31 pontos, segue firme na luta direta para ficar no G-4 (zona de acesso à elite nacional).

Com a bola rolando, a partida demorou um pouco para esquentar. Os dois times tiveram boas oportunidades na primeira etapa, com o Atlético-GO conseguindo invadir a área adversária e o Criciúma arriscando de longe. Numa dessas chegadas, o time goiano chegou a acertar a trave, aos 25 minutos. Na última boa chance da etapa inicial, o Criciúma quase marcou com Vitor Feijão, que mandou para fora, aos 45 minutos.

O segundo tempo começou movimentado. Aos seis minutos, Renato Kaysar soltou uma bomba de fora da área e deu um susto no time do Criciúma, que respondeu um minuto depois, com Marlon, que quase fez um golaço. O lateral do time catarinense limpou a marcação da zaga e bateu colocado. A bola raspou o travessão.

O visitante se mostrou mais perigoso na etapa final. O atacante Júnior Brandão bateu ao lado do gol aos 15 minutos, chegando muito perto de marcar. O gol atleticano aconteceu no momento em que o Criciúma tentava pressionar, aos 24 minutos. Renato Kayser chutou forte, o goleiro deu rebote e João Paulo completou de voleio para o fundo das redes, fazendo 1 a 0.

O Criciúma esteve muito perto de empatar com um gol aos 33 minutos. A bola sobrou para Alex Maranhão na grande área e ele acertou um chutaço, que carimbou o travessão. O clima esquentou nos minutos finais e quatro atletas foram expulsos. Zé Carlos e Marlon, pelo Criciúma, e Gilvan e Júnior Brandão, pelo Atlético.

Com os dois times com nove jogadores em campo, os donos da casa não se entregaram e buscaram o empate aos 50 minutos. Vitor Feijão pegou sobra da defesa para chutar bem no canto e deixar tudo igual. Alívio nas arquibancadas.

Pela 21ª rodada da Série B, o Criciúma visitará a Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), às 21h30 de terça-feira. Já o Atlético-GO jogará em casa contra o Coritiba, no estádio Olímpico, em Goiânia (GO), às 16h30 do próximo sábado.

FICHA TÉCNICA:

CRICIÚMA 1 X 1 ATLÉTICO-GO

CRICIÚMA - Belliato; Carlos Eduardo (Andrew), Liel, Nino e Marlon; Jean Mangabeira, Marlon Freitas, Eduardo e Elvis (Alex Maranhão); Vitor Feijão e Joanderson (Zé Carlos). Técnico: Mazola Júnior.

ATLÉTICO-GO - Jefferson; Jonathan, Gilvan, Oliveira e Bruno Santos; Pedro Bambu, Rômulo e João Paulo (Fernandes); Júnior Brandão, Júlio César (André Luis) e Renato Kayser (William Alves). Técnico: Cláudio Tencati.

GOLS - João Paulo, aos 24, e Vitor Feijão, aos 50 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Carvalhaes de Miranda(RJ).

CARTÕES AMARELOS - Andrew (Criciúma); Jonathan, Bruno Santos, Oliveira e André Luis (Atlético-GO).

CARTÕES VERMELHOS - Marlon e Zé Carlos (Criciúma); Júnior Brandão e Gilvan (Atlético-GO).

RENDA - R$ 62.320,00.

PÚBLICO - 4.151 presentes.

LOCAL - Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.