Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Em jogo com polêmica em pênalti, Sport e Vasco ficam no empate por 1 a 1

Sandro Meira Ricci marcou penalidade para os pernambucanos e depois voltou atrás

O Estado de S.Paulo

25 de setembro de 2017 | 22h29

Em mais um jogo do Campeonato Brasileiro com polêmica de arbitragem, o Sport, com um jogador a menos desde o primeiro tempo  - Diego Souza foi expulso por reclamação -, buscou o empate diante do Vasco por 1 a 1, em partida realizada nesta segunda-feira, na Ilha do Retiro, pelo encerramento da 25.ª rodada.

O lance polêmico ocorreu aos 24 minutos do segundo tempo, quando Mena foi colocar a bola na área e acertou o zagueiro Anderson Martins. O árbitro Sandro Meira Ricci assinalou penalidade máxima, mas voltou atrás após se consultar com o auxiliar. Em protesto, Ronaldo Alves chutou a bola para fora, após a cobrança do escanteio.

Leia Também

Página do Vasco

Com o resultado, o Sport termina a rodada na 14ª colocação, com 30 pontos, dois do São Paulo, time que abre a zona de rebaixamento. O Vasco continua em nono, com 32, perdendo grande oportunidade de entrar na briga pelo G-6.

O Sport comandou as ações no primeiro tempo, mas perdeu grandes oportunidades de abrir o placar, principalmente com André. Logo aos seis minutos, Rithely mandou a bola para dentro da área, o atacante apareceu entre dois zagueiros, mas jogou por cima do gol de Martín.

Aos 14, Mena cobrou escanteio para Diego Souza. O meia desviou e a bola sobrou limpa para André, que isolou. O time do Sport se mostrou muito nervoso pela sequência de resultados negativos no Brasileirão e esteve explícito no meia, que acabou sendo expulso por reclamação, após falta cometida por Wellington.

Com um a mais, o Vasco começou a gostar do jogo e abriu o placar ainda no primeiro tempo. Anderson Martins lançou Pikachu em velocidade. O lateral invadiu a área e rolou para Nenê colocar no fundo das redes.

No segundo tempo, o Sport voltou a crescer, mas pecava nas finalizações. Quando André acertava o alvo, Martín Silva aparecia para salvar o Vasco da Gama, como aos 20 minutos, quando defendeu o arremate do atacante.

Já aos 24, ocorreu o lance mais polêmico do jogo. Mena invadiu a área e carimbou Anderson Martins. Sandro Meira Ricci, que estava perto do lance, deu pênalti, mas o auxiliar, bem longe da confusão, avisou que a bola bateu no peito do zagueiro, o que fez com que o árbitro voltasse atrás, irritando Ronaldo Alves. O defensor protestou chutando a bola para fora, assim que a partida prosseguiu.

Na base da superação, o Sport ainda conseguiu chegar ao empate. Raul Prata recebeu pela direita e cruzou na cabeça de André, que testou para dar números finais ao duelo, 1 a 1.

Na próxima rodada, o Vasco da Gama enfrenta a Chapecoense no sábado, às 16h, no Estádio São Januário, no Rio de Janeiro. No dia seguinte, às 16h, o Sport visita o São Paulo no Morumbi.

FICHA TÉCNICA

SPORT 1 X 1 VASCO

SPORT:  Magrão; Raul Prata, Oswaldo Henríquez, Ronaldo Alves e Mena; Anselmo (Thallyson), Rithely, Wesley (Osvaldo) e Diego Souza; Rogério (Lenis) e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

VASCO:  Martín Silva; Madson (Bruno Paulista), Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean (Andrey), Wellington, Yago Pikachu (Guilherme Costa), Mateus Vital e Nenê; André Ríos. Técnico: Zé Ricardo.

ÁRBITRO - Sandro Meira Ricci (SC)

GOLS  - Nenê, aos 38 minutos do primeiro tempo. André, aos 39 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS -  Bruno Paulista, Ramon, Jean e Wellington (Vasco)

CARTÃO VERMELHO - Diego Souza (Sport).

RENDA - R$ 253.860,00

PÚBLICO - 17.190 total

LOCAL -  Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.