Salvador Sas/EFE
Salvador Sas/EFE

Em jogo de seis gols, Celta de Vigo e Girona empatam no Espanhol

Com duas viradas e seis gols, as equipes empataram por 3 a 3, em Vigo, e se mantiveram na metade de baixo da tabela da competição

Estadão Conteúdo

29 de setembro de 2017 | 18h22

Celta de Vigo e Girona fizeram um jogo emocionante e movimentado na abertura da sétima rodada do Campeonato Espanhol, nesta sexta-feira. Com duas viradas e seis gols, as equipes empataram por 3 a 3, em Vigo, e se mantiveram na metade de baixo da tabela da competição.

O resultado deixou o Celta na 11.ª colocação, com oito pontos ganhos, enquanto o Girona parou nos seis, é o 15.º e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento. Com a pausa no Espanhol para as Eliminatórias, o time de Vigo só volta a campo no dia 16 de outubro, quando visita o Las Palmas. Um dia antes, o Girona recebe o Villarreal.

+ Flamengo não libera Vinicius Junior para Mundial e gera insatisfação na CBF

+ Perto de 150 jogos pelo Palmeiras, Dudu confia em retrospecto no clássico

O duelo desta sexta começou bastante animado e com 15 minutos, o placar já registrava quatro gols. Pione Sisto, de cabeça, abriu o placar para o Celta aos sete. A resposta do Girona veio aos nove, quando Cristian Portu aproveitou cruzamento da esquerda e marcou.

Aos 14, Stuani foi responsável pela virada ao aproveitar jogada ensaiada após falta da esquerda. Só que a resposta do Celta também foi imediata e, um minuto depois, o uruguaio Maximiliano Gómez arrancou sozinho e tocou na saída do goleiro para empatar mais uma vez.

O jogo, então, finalmente ficou mais morno, mas no segundo tempo, o time da casa voltou à frente com Daniel Wass, em cobrança de falta. Quando a vitória parecia garantida, porém, Juanpe deixou o seu e selou o resultado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato Espanhol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.