Em jogo de viradas, Noroeste bate Grêmio Barueri por 3 a 2

Não foi uma grande partida do Noroeste, mas o time de Bauru conseguiu uma importante vitória por 3 a 2 sobre o Grêmio Barueri, nesta quarta-feira, em jogo realizado no Estádio Vila Porto, em Barueri, pela sétima rodada do Campeonato Paulista. A vitória dá um alívio aos visitantes, depois de três jogos sem vencer.Com o triunfo fora de casa, o clube do interior paulista chega a 14 pontos e segue próximo dos líderes. O time da casa, atual campeão da Série A-2, permanece com três pontos ganhos, na zona de rebaixamento.O jogo foi emocionante apenas no segundo tempo. Após um empate sem gols na primeira etapa, os cinco gols foram marcados nos últimos 45 minutos. O Noroeste saiu na frente com Edno logo aos 2 minutos, mas levou a virada com dois gols de Pedrão, aos seis e aos 21.Perdidos em campo, os visitantes precisaram de muita superação para vencer. Com dois gols, aos 40 e aos 42, com Bruno Mineiro e Bruno Campo, respectivamente, o time de Bauru conquistou a virada.O Grêmio Barueri volta a campo no próximo sábado, às 16 horas, para enfrentar o Juventus, na Rua Javari, em São Paulo. No domingo, às 17 horas, o Noroeste terá pela frente o Rio Branco, no Estádio Alfredo de Castilho, em Bauru.Ficha técnicaGrêmio Barueri 2 x 3 NoroesteGrêmio Barueri - Oliveira; Edílton (Kanu), Anderson Marques, Ricardo Vila e Bosco; Dão, Nenê Miranda, Zeziel e Júlio; Pedrão (Nílton) e Thiago Humberto (Sinval). Técnico: Sérgio Soares.Noroeste - Fabiano; Fábio (Wellington), Bonfim e Toninho; Éder, Deda, Hernani, Edno e Neílton (Bruno Campos); Vandinho (Bruno Mineiro) e Leandrinho. Técnico: Paulo Comelli.Gols - Edno, aos dois, Pedrão, aos seis e aos 21, Bruno Campos, aos 40, e Bruno Mineiro, aos 42 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos - Bosco, Nenê Miranda e Dão (Grêmio Barueri); Bonfim e Toninho (Noroeste). Cartão vermelho - Anderson Marques (Grêmio Barueri). Árbitro - Rodrigo Martins Cintra. Renda - R$ 3.090,00. Público - 632 pagantes. Local - Estádio Vila Porto, em Barueri (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.