Ari Ferreira/Red Bull Bragantino
Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

Em jogo decisivo na Sul-Americana, Red Bull Bragantino terá Maldonado no comando

Só a vitória interessa ao time de Bragança Paulista, que está na terceira colocação com apenas três pontos

Redação, Estadão Conteúdo

11 de maio de 2021 | 08h39

O Red Bull Bragantino não tem outra opção se não vencer o líder Emelec nesta terça-feira, às 19h15, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela quarta rodada do Grupo G da Copa Sul-Americana. No banco de reservas, sem poder contar com o suspenso técnico Maurício Barbieri, estará o ex-volante Cláudio Maldonado, ex-São Paulo, Cruzeiro, Santos, Flamengo, Corinthians, entre outros.

Bicampeão brasileiro, campeão da Recopa e de estaduais, Maldonado tentará passar toda sua experiência em campo para manter os paulistas com chances de classificação. Derrotado por Emelec (3 a 0) e Talleres (1 a 0), o Red Bull Bragantino caiu para o terceiro lugar com apenas três pontos, a quatro do líder Emelec. O clube equatoriano vem de empate ante o Tolima (1 a 1). Só o líder vai avançar à próxima fase.

"Nós vamos manter o trabalho da comissão técnica. A única diferença que eu vou estar na beira do campo, passando as instruções e orientando os jogadores", disse Maldonado, que sabe da importância deste jogo. "Só podemos pensar em ganhar, a qualquer custo", completou.

Além de Barbieri, o Red Bull Bragantino segue sem poder contar com o volante Ricardo Ryller, expulso contra o Emelec. Ele pegou três jogos de suspensão e só cumpriu um. Outro suspenso é o volante Lucas Evangelista, que recebeu cartão vermelho na rodada passada diante do Talleres. Eric Ramires deverá assumir o posto de titular ao lado de Jadsom e de Claudinho. No ataque, Cuello continua titular ao lado de Artur e Ytalo.

O time vai ser escalado com sua força máxima, independentemente do jogo contra o Palmeiras, pelas quartas de final do Campeonato Paulista na próxima sexta-feira também em Bragança. Já pensando nisso, a comissão técnica optou por usar reservas no empate com o Botafogo, por 1 a 1, no último domingo. A delegação seguiu para Ribeirão Preto com apenas 16 jogadores.

Ainda no meio-campo, o volante Raul segue entregue ao departamento médico por conta de um estiramento no ligamento colateral medial do joelho. Tubarão e Leandrinho também estão no departamento médico, enquanto Helinho só deve voltar a ser relacionado na sexta-feira contra o Palmeiras pelo Paulistão.

O Emelec, enquanto isso, defenderá sua invencibilidade na Sul-Americana. Uma vitória deixará os equatorianos bem próximos da classificação. De folga no Campeonato Equatoriano nesse fim de semana, o Emelec manteve a liderança com 23 pontos. São sete vitórias, dois empates e uma derrota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.