Facebook/Primeira Liga/Reprodução
Facebook/Primeira Liga/Reprodução

Em jogo fraco, Ceará e Flamengo empatam sem gols pela Primeira Liga

Reservas do Rubro-Negro têm atuação discreta contra cearenses

Thiago Rabelo, especial para a AE, Estadão Conteúdo

22 Fevereiro 2017 | 21h38

Ceará e Flamengo fizeram um jogo sem atrativos e que terminou em um empate sem gols nesta quarta-feira, no Castelão, em Fortaleza. Apesar da necessidade de mostrar bom futebol, com os cearenses sob novo comando, e os cariocas com time todo reserva, exceto Alex Muralha, os jogadores pouco apresentaram de bom na partida válida pela terceira rodada da fase de grupos da Copa da Primeira Liga.

Classificado de forma antecipada e de olho no clássico com o Vasco, sábado, pelas semifinais da Taça Guanabara, o Flamengo encerrou a primeira fase na liderança do Grupo B, com sete pontos. Com mais um jogo a ser disputado e ainda com chance de classificação, o Ceará voltará a jogar contra o Grêmio no dia 2 de março. Com dois pontos, o time alvinegro precisa vencer para avançar às quartas de final.

Com apenas Alex Muralha dos considerados titulares em campo, o Flamengo sentiu a falta de entrosamento e teve problemas na organização ofensiva. Por outro lado, o Ceará também não conseguiu se impor em campo. Com a saída de Gilmar dal Pozzo, demitido, o técnico Givanildo Oliveira estreou no comando técnico, mas sem tempo para realizar grandes mudanças.

Foram poucos os lances que movimentaram o primeiro tempo. Um deles foi com Felipe Menezes. O meia recebeu passe de Magno Alves, mas finalizou mal e perdeu a chance. O Flamengo respondeu na sequência. Livre de marcação, Lucas Paquetá deu bom passe para Felipe Vizeu, que entrou na área e parou em Éverson.

Criticado pela torcida, o volante Márcio Araújo surpreendeu ao dar belo drible e passe para Lucas Paquetá finalizar mal e perder o gol, aos 20 minutos. No fim do primeiro tempo, Magno Alves voltou a aparecer na partida, em chute defendido por Alex Muralha.

O segundo tempo deu a impressão de uma melhora quando Adryan deu belo passe de calcanhar para Renê. O lateral invadiu a área, mas errou o cruzamento para Felipe Vizeu. O Ceará também arriscou, com Tiago Cametá, e boa defesa de Alex Muralha. Mas ficou por aí.

Sem peças de reposição, o técnico Zé Ricardo pouco agiu, assim como Givanildo Oliveira, que tentava se ambientar ao elenco. Após várias substituições, os dez minutos finais da partida ganharam novo ânimo. Aos 36, Felipe Tontini levantou na área e errou o alvo. Pelo Flamengo, Cafu, em sua primeira jogada, chutou forte de fora da área e Éverson fez grande defesa.

Com temor de não garantir a ponta da chave antecipadamente, o técnico Zé Ricardo logo reforçou o meio de campo, com a entrada do volante Ronaldo. A mudança deu a segurança para o Flamengo segurar o empate e garantir a primeira colocação do grupo B da Copa da Primeira Liga.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 0 x 0 FLAMENGO

CEARÁ - Éverson, Tiago Cametá (Everton Silva), Luiz Otávio, Rafael Pereira e Romário; Raul, Richardson, Felipe Menezes (Alex Amado) e Felipe Tontini (Victor Rangel); Lelê e Magno Alves. Técnico: Givanildo Oliveira.

FLAMENGO - Alex Muralha, Rodinei, Donatti, Juan e Renê; Márcio Araújo, Cuéllar e Lucas Paquetá (Cafu); Adryan (Matheus Sávio), Gabriel (Ronaldo) e Felipe Vizeu. Técnico: Zé Ricardo.

ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS).

CARTÃO AMARELO - Romário (Ceará).

RENDA - R$ 410.013,00.

PÚBLICO - 16.216 pagantes (17.075 no total).

LOCAL - Estádio Castelão, em Fortaleza (CE).

Mais conteúdo sobre:
Primeira Liga futebol Flamengo Ceará

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.