Cabalar/EFE
Cabalar/EFE

Em jogo marcado por homenagens a Mauro Silva, La Coruña bate Málaga no Espanhol

"Obrigado por nos fazer eternos", dizia faixa estendida no estádio Riazor, onde o brasileiro atuou por 13 temporadas

Estadao Conteudo

15 de abril de 2017 | 11h06

O Deportivo La Coruña venceu o Málaga por 2 a 0, no estádio Riazor, neste sábado, pela 32ª rodada do Campeonato Espanhol, em jogo marcado por homenagens ao ex-volante Mauro Silva, tetracampeão mundial pelo Brasil na Copa dos Estados Unidos, em 1994, e que atuou com a camisa do clube por 13 anos.

"Obrigado por nos fazer eternos", dizia uma faixa estendida no estádio pelos torcedores locais, escrita em dialeto da Galícia, numa demonstração de gratidão ao brasileiro, que deixou o clube em 2005.

Mauro Silva, que não visitava a cidade havia quase uma década, viu a partida do camarote das autoridades espanholas. Ele desceu até o círculo central do estádio e ouviu o mesmo canto dos fãs de quando vestia a camisa azul e branca do La Coruña, a única que usou na Europa.

O ex-jogador ficou no gramado por alguns minutos até o diretor Barros Montana, que já estava no clube quando Mauro Silva foi contratado, ir buscá-lo pelas mãos. Pelo La Coruña, o ex-volante ganhou seis títulos: um Campeonato Espanhol, duas Copa do Rei e três Supercopa da Espanha.

Na partida disputada em meio às homenagens ao brasileiro, o La Coruña confirmou a superioridade sobre o time que na última rodada bateu o poderoso Barcelona por 2 a 0 no jogo que marcou a primeira expulsão de Neymar pelo clube espanhol. Os gols da equipe foram marcados no segundo tempo, por Joselu, aos 2 minutos, e Mosquera, aos 22.

A vitória foi importante para o La Coruña, que se distanciou ainda mais da zona de rebaixamento ao chegar aos 31 pontos na 15ª posição - o Sporting Gijón, 18º colocado, encabeça a zona da degola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.