Em jogo morno, Argentina empata com a Holanda sem gols

A Argentina sepultou a péssima campanha do último Mundial ao garantir, sem dificuldades, a primeira colocação do Grupo C da Copa do Mundo da Alemanha no empate sem gols com a Holanda, nesta quarta-feira, no Waldstadion, em Frankfurt. As duas equipes entraram em campo já classificadas às oitavas-de-final e fizeram um confronto morno.O resultado deixou a equipe sul-americana com sete pontos na tabela. Os argentinos enfrentam na próxima fase a seleção do México, no sábado, em Leipzig. O possível confronto com o Brasil só pode acontecer na decisão - para isso, o time de Parreira também precisa ficar na ponta do seu grupo. Já a Holanda, que terminou em segundo com a mesma pontuação - foi superada no saldo de gols: 7 contra 2 -, enfrenta Portugal, de Felipão, no domingo, em Nuremberg.No confronto, as duas seleções entraram em campo sem algumas de suas estrelas para evitar novos cartões amarelos e conseqüentemente a suspensão automática na próxima fase. Pelo lado da Argentina, o treinador José Pekerman não escalou Sorín e Crespo, enquanto Marco Van Basten deixou o atacante Arjen Robben de fora.A melhor chance de gol do primeiro tempo da partida foi da Holanda, mas à favor dos argentinos. Em uma cobrança de falta na esquerda, o meia Riquelme bateu rasteiro e o volante holandês Andre Ooijer se antecipou, mas mandou a bola na trave do companheiro Van der Sar, quase marcando contra.Já classificadas às oitavas, as duas equipes seguiram tocando muito a bola no meio-campo e criando poucas chances de gol. Mas, aos 22, Van der Vaart perdeu grande chance de marcar para a seleção dos Países Baixos. Após um erro coletivo da zaga argentina, o meia do Hamburgo ficou na cara do gol, mas bateu em cima do goleiro Abbondanzieri, que fez grande defesa. Momentos depois, Tevez respondeu. O atacante do Corinthians arriscou de fora da área e Van der Sar espalmou para fora.Holanda 0 x 0 ArgentinaHolanda: Van der Sar; Jaliens, Ooijer, Boulahrouz e De Cler; Van der Vaart, Sneijder (Maduro), Cocu e Kuyt; Van Persie (Landzaat) e Van Nistelrooy (Babel). Técnico: Marco Van Basten.Argentina: Abbondanzieri; Burdisso (Coloccini), Ayala, Milito e Cufré; Cambiasso, Mascherano, Maxi Rodríguez, Riquelme (Aimar); Tevez e Messi (Júlio Cruz). Técnico: Jose Pekerman. Árbitro: Luis Medina Cantalejo (Espanha). Cartões amarelos: Kuyt, Ooijer, De Cler, Cambiasso e Mascherano. Local: Waldstadion, em Frankfurt.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.