Em jogo morno, Corinthians vence Botafogo no Paulistão

O Corinthians conquistou a sua segunda vitória no Campeonato Paulista nesta quarta-feira ao bater o Botafogo por 2 a 0, no Pacaembu, pela terceira rodada da competição. O resultado deixou o time da casa com 7 pontos, na provisória terceira posição da tabela. Apesar de não contar com o seu principal jogador, o meia Douglas, o Corinthians não teve dificuldade para superar o Botafogo, que ainda não conquistou uma vitória na competição. O triunfo foi facilitado com um pênalti marcado logo aos 2 minutos de jogo.Em uma disputa de bola aérea na área com Chicão, Jonílson colocou as duas mãos na bola, como num bloqueio de vôlei, e o árbitro assinalou a penalidade. Na sequência, o próprio zagueiro chutou forte no canto esquerdo do goleiro Paulo Musse e inaugurou o placar. Com a vantagem no marcador, o Corinthians se acomodou na intermediária e pouco arriscou. A atuação apagada de Wellington Saci também contribuiu para a ausência de jogadas ofensivas. Após o gol, os donos da casa só ameaçaram a defesa adversária com Souza, após cruzamento de Lulinha, aos 7, e André Santos, em chute de fora da área, aos 27.Do outro lado, o meia Branquinho, ao tentar receber passe dentro da área, foi derrubado por André Santos, mas o árbitro mandou seguir, aos 13 minutos. As reclamações dos jogadores do Botafogo não surtiram efeito. Diante do espaço cedido pelo Corinthians, que recuava cada vez mais, o Botafogo cresceu no jogo e passou a ameaçar o gol de Felipe em investidas de Branquinho, pela esquerda, e Thiago Silvy, pela direita. Aos 31, Paulo Santos deu um chapéu em William e, dentro da pequena área, chutou forte, exigindo grande defesa do goleiro. O segundo tempo começou em ritmo acelerado. Logo no primeiro minuto, Souza puxou contra-ataque e lançou para Otacílio Neto, que chutou cruzado. Paulo Musse precisou se esticar para desviar a bola. Antes de completar cinco minutos da etapa, Elias e Cristian tiveram boas oportunidades de ampliar o placar. O Botafogo respondeu de imediato, com jogada de Branquinho, que bateu forte. Felipe espalmou para evitar o empate. Mas não foi suficiente para ameaçar o Corinthians, que não deixou o jogo esfriar, como aconteceu no primeiro tempo. Aos 15, Diogo, que entrara no lugar de Wellington Saci, lesionado, tabelou com Souza na área, mas o atacante furou. Quatro minutos depois, André Santos aproveitou o contra-ataque e levantou na área. Numa jogada inusitada, Diogo e Souza, ambos sem marcação, chutaram prensado por cima do gol, na melhor chance do time na segunda etapa. Diogo, no entanto, não desperdiçou uma segunda oportunidade. Aos 38, o meia recebeu fora da área e finalizou rasteiro no canto direito de Paulo Musse para marcar o segundo e definir a vitória do Corinthians. Um minuto depois, Cristian se deu ao luxo de acertar o travessão no último lance perigoso dos donos da casa. Na próxima rodada, o Corinthians vai receber o Oeste, no Pacaembu, no sábado, às 17 horas, enquanto o Botafogo visitará o Marília, no mesmo dia, às 19h10.Ficha técnica:Corinthians 2 x 0 BotafogoCorinthians - Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Cristian, Elias, Wellington Saci (Diogo) e Lulinha (Túlio); Otacílio Neto (Fabinho) e Souza. Técnico: Mano Menezes.Botafogo - Paulo Musse; Marco Aurélio, Fernando, Éverton e Calisto; Augusto Recife, Jonílson, Branquinho (Frontini) e Paulo Santos (Guilherme); Thiago Silvy e Fábio Oliveira (Fabinho). Técnico: Arthur Neto. Gols - Chicão (pênalti), aos 3 minutos do primeiro tempo. Diogo, aos 38 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos - William, Lulinha (Corinthians); Fernando, Fábio Oliveira (Botafogo).Árbitro - Rodrigo Braghetto.Renda - R$ 204.388,50.Público - 8.974 pagantes. Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.