Lucas Merçon/Fluminense
Lucas Merçon/Fluminense

Em jogo morno, Fluminense e Botafogo empatam sem gols no 1º clássico do Carioca

Equipe tricolor segue na lanterna do Grupo C com um ponto, enquanto time alvinegro fica na 4ª posição com dois pontos

Ricardo Magatti, especial para a AE, Estadão Conteúdo

20 Janeiro 2018 | 19h22

Em jogo com poucas chances de gol e muitas faltas, Fluminense e Botafogo empataram sem gols no primeiro clássico do ano no Rio, neste sábado, no Maracanã, pela segunda rodada da Taça Guanabara. Com o resultado, os times ainda não venceram no Campeonato Carioca.

+ TEMPO REAL - Confira os lances da partida

+ Em casa, Grêmio leva virada e perde jogo de oito gols para o Caxias no Gaúcho

O empate significa ao Fluminense, último colocado do grupo C, o primeiro ponto conquistado no torneio, já que foi derrotado pelo Boavista na estreia. Na quarta posição, o Botafogo acumulou seu segundo empate. Na primeira rodada, ficou no 2 a 2 com a Portuguesa. No momento, o Macaé lidera o grupo, com uma vitória e um empate.

Com muitos jovens jogadores oriundos da base em campo, especialmente pelo lado do Fluminense, que passa por uma reformulação após perder seus principais jogadores - Diego Cavalieri e Henrique foram dispensados, Gustavo Scarpa se transferiu para o Palmeiras e Henrique Dourado, afastado, também deve sair - as duas equipes tiveram dificuldades para trocar passes e infiltrar nas defesas.

Nos primeiros 20 minutos, o Botafogo esteve melhor. Com melhor toque de bola, ocupou o campo de defesa do Fluminense e buscou mais o gol. O meia João Paulo, de cabeça, foi quem mais chegou perto de abrir o placar pela equipe alvinegra.

Pelo lado do time das Laranjeiras, o jovem centroavante Pedro foi quem mais buscou o gol. Mesmo sofrendo com o pouco volume ofensivo da sua equipe, Pedro quase marcou de calcanhar no rebote de Jefferson, que espalmou cabeceio de Gum.

Na volta dos vestiários, Abel Braga arrumou o Fluminense, que melhorou na partida e chegou até a abrir o placar com o zagueiro Ibañez. No entanto, o árbitro marcou falta de Renato Chaves em João Paulo e anulou o gol.

A melhora não foi suficiente para o time de Abel balançar as redes e o treinador, então, tentou colocar a equipe mais à frente no final da partida com as entradas dos atacantes Robinho e Matheus Alessandro. O primeiro, veloz e habilidoso, entrou bem e quase levou o Fluminense ao gol em lance que entortou o lateral-direito Arnaldo, mas cruzou para fora. No final, o primeiro clássico do futebol carioca em 2018, amarrado e com pouca inspiração dos dois lados, terminou sem gols.

O Fluminense voltará a jogar na próxima quarta-feira, quando receberá, em local ainda a definir, a Portuguesa, pela terceira rodada da Taça Guanabara. No dia seguinte, no Moacyrzão, o Botafogo visitará o Macaé.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 0 X 0 BOTAFOGO

FLUMINENSE - Júlio César; Renato Chaves (Matheus Alessandro), Gum e Ibañez; Gilberto, Jadson, Douglas, Sornoza e Marlon (Ayrton Lucas); Marcos Júnior (Robinho) e Pedro. Técnico: Abel Braga.

BOTAFOGO - Jefferson; Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello e Gerson; Matheus Fernandes, João Paulo e Léo Valência (Rodrigo Lindoso); Luiz Fernando (Leandro Carvalho), Rodrigo Pimpão (Ezequiel) e Brenner. Técnico: Felipe Conceição.

ÁRBITRO - Pathrice Wallace Corrêa Maia.

CARTÕES AMARELOS - Ibañez, Marcos Júnior e Douglas (Fluminense); Igor Rabello, Matheus Fernandes, João Paulo e Rodrigo Lindoso (Botafogo).

RENDA - R$ 220.510,00

PÚBLICO - 7.126 pagantes (8.538 presentes).

LOCAL - Maracanã, no Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.