Em jogo morno, Vitória e Ceará empatam sem gols

Time baiano completa sete partidas sem vitória e fica perto da zona de rebaixamento do Brasileirão

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

16 de setembro de 2010 | 00h32

Em um jogo de pouca inspiração e muitos erros, Vitória e Ceará empataram por 0 a 0, na noite desta quarta-feira, em Salvador. O resultado foi melhor para o time cearense, que segue nas posições intermediárias da tabela do Campeonato Brasileiro. Com 29 pontos, a equipe está provisoriamente no oitavo lugar.

 

Veja também:

SÉRIE A - tabelaClassificação | listaCalendário/Resultados

Já o Vitória, que completou sete partidas sem triunfo - cinco empates e duas derrotas -, chegou a 25 pontos e abriu quatro do primeiro time na zona de rebaixamento. No entanto, a equipe baiana continua seriamente ameaçada, em um momento ruim na competição.

Com os dois times focados na marcação e errando muito, o primeiro tempo não teve nenhuma chance clara de gol. O Vitória tentou um pouco mais o ataque, mas só levou perigo em cobranças de falta e escanteio, todas com o veterano meia Ramon. Já o Ceará arriscou alguns contra-ataques, mas esbarrou em erros de passe. Ao fim da etapa, a torcida vaiou os times.

No início do segundo tempo, o Vitória ainda tentou fazer uma pressão sobre o Ceará. Logo aos três minutos, o time baiano teve um gol de Júnior anulado - o árbitro marcou, corretamente, falta do volante Ricardo Conceição sobre o goleiro Michel Alves.

A empolgação inicial, porém, durou pouco. O técnico Ricardo Silva ainda fez alterações com o objetivo de dar mais força à equipe, trocando o volante Bida pelo atacante Schwenck, por exemplo. A mudança foi em vão, já que os jogadores do Vitória não conseguiram mais criar chances de perigo.

O Ceará, por outro lado, limitou-se à defesa para segurar o empate. "O importante é que não perdemos", resumiu o lateral Oziel.

Pela 23.ª rodada do Brasileirão, o Ceará recebe o Goiás, no domingo, em Fortaleza, às 18h30. No mesmo dia, às 16 horas, o Vitória vai a Sete Lagoas enfrentar o Atlético-MG, em um confronto direto contra o rebaixamento.

VITÓRIA 0 - Viáfara; Léo (Eduardo), Wallace, Anderson Martins e Egídio; Vanderson, Ricardo Conceição, Bida (Schwenck) e Ramon; Elkeson e Júnior (Kléber Pereira). Técnico: Ricardo Silva.

CEARÁ 0 - Michel Alves; Oziel, Anderson, Fabrício (Diego) e Ernandes; Michel (Careca), João Marcos, Camilo e Geraldo; Wellington Amorim (Tony) e Magno Alves. Técnico: Dimas Filgueiras (interino).

Cartões amarelos - Vanderson e Wallace (Vitória); Anderson e Tony (Ceará); Árbitro - Sálvio Spínola Fagundes Filho (Fifa-SP); Renda - R$ 96.135,00; Público - 9.082 pagantes; Local - Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.