Paul Pelissier/Reuters
Paul Pelissier/Reuters

Em jogo paralisado por causa de sinalizador, Olympique perde de novo

Jogo foi interrompido por cerca de 40 minutos após um torcedor atirar um sinalizador no gramado

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de janeiro de 2019 | 21h41

Em partida que foi interrompida por cerca de 40 minutos em função de um sinalizador atirado no gramado pela torcida do Olympique de Marselha, o time da casa perdeu por 2 a 1 para o Lille, nesta sexta-feira. O jogo foi válido pela 22ª do Campeonato Francês.

O resultado confirmou a má fase do Olympique, que venceu apenas um jogo dos últimos 11 disputados e acumula eliminações precoces na Liga Europa, na Copa da França e na Copa da Liga Francesa. Pelo Campeonato Francês, a equipe disputou 21 jogos e marcou 31 pontos, suficiente para ocupar somente o sétimo lugar.

O meia Nicolas Pépé abriu o placar, de pênalti, já nos acréscimos do primeiro tempo. Passados dez minutos da etapa final, o jogo foi interrompido por causa do sinalizador, atirado perto do meio-campista Kevin Strootman e do lateral-esquerdo Jordan Amavi, que ficaram atordoados com o efeito do artefato, e do auxiliar de arbitragem Nicolas Danos.

O árbitro Amaury Delerue pediu que os jogadores se retirassem de campo, decisão acatada apenas pelo Lille em um primeiro momento. Minutos depois, os atletas do Olympique de Marselha deixaram o gramado em razão do clima hostil no estádio Vélodrome.

Depois de reiniciada a partida, o meia Florian Thauvin, do Olympique, foi expulso, e Pepé ampliou o placar, com um gol já aos 45 minutos do segundo tempo. Mario Balotelli, que começou a partida no banco de reservas, descontou para os mandantes, nos acréscimos. Com o resultado, o Lille foi a 43 pontos, dez a menos do que o PSG, líder do torneio com três partidas a menos do que o segundo colocado.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.