Valery Hache/AFP
Valery Hache/AFP

Em má fase, Monaco se reabilita na Copa da Liga Francesa e avança às quartas

Jovem Giulian Biancone marca o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Lorient

Redação, Estadão Conteúdo

19 de dezembro de 2018 | 20h54

O Monaco conseguiu nesta quarta-feira dar um pouco de alegria para o seu torcedor. Em uma má fase que faz com que o time esteja na zona de rebaixamento do Campeonato Francês e já tenha sido eliminado na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa sem uma vitória sequer, o clube de Principado obteve a classificação às quartas de final da Copa da Liga Francesa ao derrotar o Lorient por 1 a 0, no estádio Louis II, em Montecarlo. O gol foi de Giulian Biancone, aos 25 minutos do segundo tempo.

Se o Monaco evitou mais um vexame na temporada, o mesmo não se pode dizer do Olympique de Marselha, que jogou em seu estádio Velodrome. Eliminado na fase de grupos da Liga Europa, o tradicional clube do sul da França caiu também na Copa da Liga Francesa ao perder na disputa por pênaltis para o Strasbourg por 4 a 2, após empate por 1 a 1 no tempo normal. O volante brasileiro Luiz Gustavo fez o gol do time da casa.

Quem passou com um certo susto foi o Lyon, que como visitante abriu três gols de vantagem sobre o Amiens, mas permitiu a reação adversária até o placar final de 3 a 2. O time da casa, que tem o meia brasileiro Paulo Henrique Ganso em seu elenco (não jogou nesta quarta-feira), fez o segundo aos 45 minutos do segundo tempo.

Em outros confrontos, o Bordeaux venceu o Dijon por 1 a 0, como visitante; o Rennes derrotou em casa o Nantes por 2 a 1; o Le Havre foi anfitrião e ganhou por 2 a 1 do Nîmes; e o Guingamp passou pelo Nice, fora de casa, ao fazer 3 a 1 na disputa por pênaltis após um empate sem gols no tempo normal.

Os sete classificados desta quarta-feira se juntam ao Paris Saint-Germain, que na última terça-feira, mesmo sem o atacante brasileiro Neymar (poupado por ainda estar se recuperando de uma lesão muscular), derrotou o Orleans por 2 a 1, fora de casa.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.