Em má fase no Brasileirão, Goiás demite técnico Hélio dos Anjos

O técnico Hélio dos Anjos não resistiu ao momento ruim do Goiás no Campeonato Brasileiro. Na noite de segunda-feira, após reunião, a diretoria do clube goiano anunciou a demissão do treinador depois do time completar o quinto jogo seguido sem vitórias no torneio nacional.

Estadão Conteúdo

23 de junho de 2015 | 10h08

"O Goiás reitera seu profundo respeito pela história de Hélio dos Anjos no clube e deseja ao treinador boa sorte no seu próximo desafio", afirmou a direção do Goiás ao confirmar em nota oficial a demissão do treinador.

Esta foi a quinta passagem de Hélio dos Anjos no comando do Goiás. O treinador retornou ao clube em 6 de abril e o levou ao título do Campeonato Goiano. Depois, o time teve um bom início no Campeonato Brasileiro, ficando invicto nas quatro rodadas iniciais, mas caiu de rendimento em seguida, o que provocou a demissão do treinador após o time ser batido por 2 a 1 pelo Joinville no último domingo.

Nesta quinta passagem pelo Goiás, Hélio dos Anjos dirigiu o time em apenas 17 partidas, com sete vitórias, cinco empates e cinco derrotas. O nome do seu substituto ainda não foi anunciado pela diretoria do clube goiano.

Com a série de tropeços, o Goiás está em 15º lugar no Brasileirão com nove pontos. O time volta a entrar em campo no próximo domingo, quando vai receber o Fluminense no Serra Dourada em duelo válido pela nona rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGoiásHélio dos Anjos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.