Miguel Medina / AFP
Miguel Medina / AFP

Em mais um jogo marcado por discriminação contra Balotelli, Lazio bate Brescia

Partida chega a ser paralisada; atacante abre placar mas Ciro Immobile vira no final do segundo tempo

Redação, Estadão Conteúdo

05 de janeiro de 2020 | 11h23

Com dois gols do artilheiro Ciro Immobile, a Lazio derrotou o Brescia, neste domingo, por 2 a 1, de virada, no campo do adversário, na abertura da 18.ª rodada do Campeonato Italiano. O jogo precisou ser paralisado aos 30 minutos da primeira etapa por causa de cantos racistas vindos da torcida visitante contra o jogador Mario Balotelli.

Com o resultado, a equipe de Roma chega aos 39 pontos e continua sua perseguição às líderes Juventus e Internazionale, que somam 42 pontos cada e jogam nesta segunda-feira. O Brescia, com 14 pontos, é o 18.º colocado, na zona de rebaixamento, apenas à frente de SPAL e Genoa.

O Brescia saiu na frente do placar com um belo gol de Mario Balotelli. Lançado, o atacante ganhou do zagueiro no jogo de corpo e bateu cruzado de pé esquerdo para fazer 1 a 0, aos 18 minutos do primeiro tempo.

Aos 30 minutos, Balotelli informou o juiz Gianluca Manganiello que estava ouvindo cantos racistas vindos da torcida adversária. O jogo ficou parado por alguns instantes até que as manifestações fossem paralisadas. O técnico Simone Inzaghi, do time romano, chegou a pedir aos torcedores para que parassem com os atos de discriminação.

O empate da Lazio veio ainda no primeiro tempo por intermédio de uma cobrança de pênalti. Immobile bateu bem no canto direito e deslocou o goleiro Jesse Joronen, que caiu no canto esquerdo. Foi o 20.º gol do artilheiro no campeonato.

Com 64% de posse de bola e 19 chutes a gol, a Lazio só foi conseguir o gol da vitória aos 46 minutos da etapa final. Bola lançada na área, mais uma vez Immobile mostrou todo o seu poder de finalização, ao bater rápido e colocado para fazer o segundo gol dos visitantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.