Igor Sales/ Cruzeiro
Igor Sales/ Cruzeiro

Em meio à crise do Cruzeiro, Felipão reencontra Caxias do Sul e o Juventude

Equipe celeste venceu apenas um dos último seis jogos pela Série B do Campeonato Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

16 de janeiro de 2021 | 14h06

O Cruzeiro tem chances remotas de acesso e ainda grave crise financeira. Nesse cenário, o duelo deste sábado, às 19 horas, pela 35.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, servirá para o técnico Luiz Felipe Scolari reencontrar Caxias do Sul e o Juventude.

O ex-zagueiro teve o Caxias como seu primeiro clube profissional em 1973. Dez anos depois, ainda engatinhando na nova profissão, ele comandou o Juventude, seu segundo clube na carreira. Felipão ainda voltaria a trabalhar no time alviverde em 1986 e 1987.

No Cruzeiro, o treinador tentará a reabilitação após a derrota para o lanterna Oeste, por 1 a 0, em Belo Horizonte. Com 44 pontos, o time mineiro só tem mínimas chances matemáticas de acesso, mas está a um ou dois pontos de se garantir na Série B, meta inicial estabelecida por Felipão.

No último jogo, os jogadores não se concentraram em protesto ao atraso salarial. "Entendi perfeitamente que é uma forma de tentar conversar com a direção. Foi tudo bem. Cada um foi para sua casa. Não tem problema nenhum neste sentido", disse Felipão, em apoio ao grupo e reforçando que as dificuldades do clube são bem maiores do que quando ele assumiu o cargo.

O Juventude soma os mesmos 52 pontos do CSA, mas está fora da zona do acesso por causa do número de vitórias (15 a 14). Os gaúchos também tentam a recuperação depois da segunda derrota seguida - 2 a 1 para o Brasil-RS.

Para o jogo, Felipão terá as voltas do meia Giovanni e do atacante William Pottker, que cumpriram suspensão na quarta-feira. O primeiro, único meia de origem à disposição, volta no lugar de Welinton. Já Pottker pega a vaga do experiente Marcelo Moreno. O restante do time será o mesmo.

"Os jogadores que estão aqui são heróis, porque tem muita coisa acontecendo. É muito difícil, muito difícil mesmo. As pessoas não sabem ainda de 10% do que está acontecendo", revelou o atacante Rafael Sobis após a derrota para o lanterna Oeste.

No Juventude, o técnico Pintado irá manter o esquema 4-3-3. Ele poderá contar com o retorno do lateral-esquerdo Eltinho, livre de suspensão. Assim, Hélder voltará ao banco de reservas. Já o volante Gabriel Bispo substituirá João Paulo, suspenso. O zagueiro Nery Bareiro, por sua vez, segue fora por covid-19.

"É uma chance de ouro na vida. São poucos atletas profissionais que conseguem marcar por onde passam. Eu tenho a oportunidade de marcar meu nome na história do Juventude. Já faz 13 anos que o Juventude caiu e ficou muito tempo na Série A, o torcedor se acostumou com a Série A. Espero ajudar e dar minha contribuição. É um momento especial e muito marcante", disse o goleiro Marcelo Carné.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.