Em meio à crise, Real Madrid vence e encosta nos líderes

O Real Madrid terminou uma das semanas mais conturbadas de sua história com uma vitória sobre o Zaragoza por 1 a 0, neste domingo, no Estádio Santiago Bernabéu, em Madri. O resultado coloca a equipe da capital espanhola na terceira colocação do Campeonato Espanhol, com 35 pontos - mesma pontuação do rival Barcelona (que tem uma partida a menos) e dois atrás do líder Sevilla. O gol da vitória foi marcado pelo atacante holandês Ruud van Nistelrooy. Após o anúncio oficial da saída do meia inglês David Beckham - que irá no meio do ano para o Los Angeles Galaxy (EUA) -, do afastamento do atacante brasileiro Ronaldo (que deverá ser negociado em breve) e das contusões dos laterais brasileiros Roberto Carlos e Marcelo, a equipe entrou em campo pressionada por um bom resultado em casa. Logo aos 14 minutos, mais uma má notícia. O atacante e capitão Raúl se machucou e deu seu lugar para o brasileiro Robinho. Com mais movimentação no ataque, o Real conseguiu seu gol pouco antes do intervalo. Aos 42, Van Nistelrooy aproveitou uma rebatida na grande área do Zaragoza e marcou seu 10.º no campeonato - o artilheiro é o atacante Kanouté, do Sevilla, com 15 gols. Em Vigo, o Atlético de Madrid deu mais uma mostra que quer brigar pelas primeiras colocações. Com uma grande atuação do centroavante espanhol Fernando Torres, autor de dois gols, o time da capital espanhola derrotou o Celta por 3 a 1. O argentino Sérgio Agüero fez o terceiro e o brasileiro Nenê descontou para os donos da casa. Com 32 pontos, o Atlético de Madrid subiu para a quinta colocação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.