Antonio Calanni/AP
Antonio Calanni/AP

Em meio a momento conturbado, Ronaldo marca e Juventus segue 100% no Italiano

Equipe de Turim supera a Udinese por 2 a 0 fora de casa e abre nove pontos para o Napoli

Estadão Conteúdo

06 Outubro 2018 | 15h10

Em meio à polêmica pela acusação de estupro contra ele, Cristiano Ronaldo entrou em campo neste sábado e ajudou a Juventus a vencer mais uma no Calcio. Com um gol do português, o time de Turim fez 2 a 0 na Udinese, fora de casa, e manteve os 100% de aproveitamento no Campeonato Italiano, do qual é líder.

Na semana passada, a revista alemã Der Spiegel publicou uma entrevista com a norte-americana Kathryn Mayorga em que ela acusava Ronaldo de a ter estuprado em 2009, em Las Vegas. O caso ganhou repercussão nos últimos dias. O português se defendeu e disse estar com a consciência tranquila, e a Juventus mostrou apoio a seu jogador. Por outro lado, patrocinadores do craque se mostraram preocupados e ameaçaram se distanciar.

Em meio o imbróglio, Ronaldo foi mais uma vez decisivo em campo. Com ele, a Juventus chegou à oitava vitória em oito partidas do Italiano, disparando na liderança, agora com 24 pontos. Já são nove de vantagem para o vice-líder Napoli, que ainda atua na rodada. A Udinese, por sua vez, soma apenas oito pontos, em 15.º.

Ronaldo foi o responsável pelo primeiro chute da Juventus e quase marcou aos seis minutos. O primeiro gol, no entanto, sairia somente aos 32. Bentancur abriu na direita com João Cancelo e correu para a área, onde recebeu o cruzamento do português e cabeceou para a rede.

Não demorou para que os visitantes ampliassem, desta vez com Cristiano Ronaldo. Aos 36 minutos, Mandzukic acreditou na jogada após chutão para o alto, conseguiu o domínio e rolou para o português, que bateu cruzado, sem chances para Scuffet.

A vantagem diminuiu o ritmo da Juventus, que viu a Udinese assustar. Aos 42, Barak bateu cruzado e a bola resvalou na trave antes de sair. No início da etapa final, aos quatro, Lasagna aproveitou sobra na área e tocou na direção do gol, mas o brasileiro Alex Sandro salvou em cima da linha.

A partir daí, a Juventus voltou a mandar no jogo e perdeu chances com Bernardeschi e Mandzukic. Cristiano Ronaldo também tentou, mas Scuffet mostrou-se em dia inspirado. Aos 39, o goleiro ainda desviou uma finalização forte de Cancelo, que tocou no travessão antes de sair.

Embalada, a Juventus volta a campo no próximo dia 20, quando tenta manter os 100% de aproveitamento no Italiano diante do Genoa, em casa. Já a Udinese tentará a recuperação contra o Napoli, no mesmo dia.

Na outra partida já encerrada do dia pelo Italiano, o Cagliari recebeu o Bologna e venceu também por 2 a 0. Com o resultado, subiu para nove pontos, na 13.ª colocação, enquanto o Bologna ficou com sete, em 16.º.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.