Mowa Press/Divulgação
Mowa Press/Divulgação

Em meio a polêmica, Felipão avisa que pode convocar Diego Costa para a Copa

Técnico deixa claro que qualquer brasileiro que estiver em 'condições legais' poderá ser chamado

O Estado de S. Paulo

11 de outubro de 2013 | 08h45

SEUL - O técnico Luiz Felipe Scolari deixou nas entrelinhas que pode convocar o atacante Diego Costa, do Atlético de Madrid, para a Copa do Mundo no ano que vem. Durante entrevista coletiva nesta sexta-feira, Felipão se irritou com uma pergunta sobre a decisão do jogador, que tem cidadania espanhola, de defender a seleção de Vicente Del Bosque no Mundial e disse que não descarta convocar Diego Costa. "Sou o técnico da seleção brasileira e no dia 7 de maio de 2014 vou convocar os jogadores para o Mundial de acordo com minhas observações. Quem for brasileiro e tiver condições legais de ser chamado poderá ser convocado", afirmou.

Na quinta-feira, o jornal espanhol As divulgou que Felipão pretendia viajar a Madri para ter uma conversa com Diego Costa. Questionado sobre essas especulações, o técnico desmentiu a informação e cutucou a imprensa espanhola. "Os espanhóis não sabem nada. Estão inventando um monte de coisas. Inventam até para onde o papa está indo".

A CBF informa não ter recebido nenhum comunicado oficial da Federação Espanhola de Futebol manifestando interesse em contar com Diego Costa. Pelas regras da Fifa, nada impede que o jogador realmente abandone a seleção brasileira e busque espaço na atual campeã do mundo. A restrição só se aplicaria caso ele tivesse atuado pelo Brasil numa partida oficial. Convocado por Felipão duas vezes, sendo a primeira no dia 5 de março deste ano, o atacante não teve oportunidade de fazer um jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.