Rodrigo Coca / Ag. Corinthians
Rodrigo Coca / Ag. Corinthians

Em meio à protestos, Corinthians joga sob pressão contra o Cuiabá em busca de recuperação

Time, que vem de duas derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro tem apenas três vitórias em 12 rodadas

Toni Assis, especial para o Estadão, O Estado de S.Paulo

26 de julho de 2021 | 05h00

O Corinthians enfrenta o Cuiabá nesta segunda-feira, às 20h, pelo Campeonato Brasileiro, num clima de alta tensão que aumentou a sua voltagem após a 'visita' de representantes de organizadas ao CT do clube para conversar os membros da comissão técnica do time paulista. O descontentamento é reflexo da campanha do time. Apenas três vitórias em 12 rodadas e um aproveitamento de 39,8%.

A sequência ruim torna o ambiente ainda mais belicoso. A equipe paulista vem de duas derrotas consecutivas. Pior: nas últimas cinco partidas, o time conseguiu apenas uma vitória (diante da Chapecoense, na Arena Condá).

Na última quinta-feira, o atacante , um dos mais experientes do elenco, teve o carro apedrejado enquanto participava de um evento. Assim, o confronto com o Cuiabá ganha contorno de decisão para que o clube tenha a chance de vencer e amenizar a crise com a torcida.

Para essa partida, o técnico Sylvinho deve manter a base dos últimos jogos. E para não ser surpreendido, ele aposta na experiência de sua defesa com os rodados Fágner, Gil e Fábio Santos. João Victor completa a retaguarda. No meio, Cantillo e Gabriel estão confirmados. A dúvida no setor é Vitinho, que pode dar lugar a Roni. Na frente, Jô segue como referência na área para a aproximação de Gustavo Mosquito e Mateus Vital.

Para o zagueiro Gil, a partida é uma ótima oportunidade de o Corinthians mostrar o seu poder de reação. “Estamos treinando muito, mas não estamos conseguindo encaixar uma sequência de vitórias. Mas temos que continuar focados no que está sendo feito”, afirmou o jogador que comemorou a chegada de Renato Augusto ao clube. “Trata-se de um grande jogador e que tem muita identificação com o Corinthians. Vai ser um belo reforço”, comentou.

Em seu último trabalho de campo, o técnico Sylvinho realizou um treino tático em espaço reduzido e organizou a movimentação dos atletas. Ele ensaia uma marcação por pressão e também quer deslocamentos na frente para dificultar a marcação do rival.

O Cuiabá vem de importante vitória sobre a Chapecoense, mas sabe que precisa engatar uma sequência de triunfos para avançar na classificação. A situação é preocupante já que equipe soma 12 pontos e apresenta um aproveitamento  é de apenas 36,4%.

O técnico Jorginho tem problemas para escalar a equipe. O goleiro Walter, cedido pelo Corinthians por empréstimo,  não pode atuar por questões contratuais. Assim, João Carlos será o dono da posição. Na defesa, Paulão cumpre suspensão pelo terceiro amarelo e vai dar lugar a Anderson Conceição no miolo da zaga.  

FICHA TÉCNICA

CUIABÁ x CORINTHIANS

CUIABÁ – João Carlos; João Lucas, Anderson Conceição, Marllon e Uemdel; Auremir, Uillian Correa, Clayson e Danilo Gomes; Felipe Marques e Osman. Técnico: Jorginho.

CORINTHIANS – Cássio, Fágner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo, Gabriel e Vitinho (Roni). Mateus Vital (Marquinhos), Gustavo Mosquito e Jô. Técnico: Sylvinho.

ÁRBITRO – Ramon Abatti Abel (SC).

HORÁRIO – 20H.

LOCAL - Estádio Arena Pantanal, em Cuiabá.

NA TV - Pay-per-view

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.