Em meio a rumores sobre Ronaldo, Ibrahimovic avisa: 'Sou o único chefe do PSG'

Em meio a um início de temporada aquém do esperado, Ibrahimovic voltou a ser notícia por suas declarações polêmicas. Conhecido pelo temperamento explosivo e por não ser muito adepto da modéstia, o sueco deu um recado a Cristiano Ronaldo, que está sendo bastante especulado como novo reforço do Paris Saint-Germain, e garantiu ser "o único chefe" do clube.

Estadão Conteúdo

11 de novembro de 2015 | 10h41

Ibrahimovic não falou em nomes, mas o momento deixa claro que o aviso foi para o português, astro do Real Madrid e eleito o melhor jogador do mundo na última eleição da Fifa. "Não importa o que digam ou escrevam, no Paris Saint-Germain só há um chefe", disse em entrevista à Gazzetta dello Sport, antes de confirmar que falava de si próprio: "Sim, naturalmente".

A cada janela para transferência, surgem rumores sobre uma possível saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid. Desta vez, no entanto, as especulações ganharam força e parte da imprensa inglesa já dá como certa a negociação, que renderia ao clube espanhol 100 milhões de libras (cerca de R$ 580 milhões).

Sobre a chegada de novos craques ao clube, Ibrahimovic voltou a alfinetar, e lembrou que foi o primeiro a aceitar se transferir para o PSG, quando os franceses haviam acabado de se tornar os novos ricos do futebol europeu. "Me sinto parte deste projeto desde o momento em que vim. Agora, tudo é mais fácil, porque construímos uma grande equipe entre todos."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.