Lucas Ubel/Vipcomm
Lucas Ubel/Vipcomm

Em noite de Deola, Palmeiras segura empate com o Inter

Substituto de Marcos garante empate por 1 a 1 no Sul; time encerra jejum de três jogos sem gols

TERCIO DAVID, estadão.com.br

06 de junho de 2010 | 20h24

O Palmeiras quebrou um jejum de três jogos e finalmente conseguiu marcar. O time alviverde segurou o empate por 1 a 1 com o Internacional, em pleno Beira-Rio, pela última rodada do Brasileirão antes da parada para a Copa Mundo. O goleiro Deola substituiu bem o contundido Marcos e foi o nome do jogo, que curiosamente não teve nenhum cartão.

Veja também:

linkColorados acham que Inter merecia a vitória no Beira-Rio

link Palmeirenses valorizam ponto conquistado no Beira-Rio

lista BRASILEIRÃO 2010 - Calendário / Resultados 

Com o resultado, o técnico interino Jorge Parraga se despede do Palmeiras deixando o time com 9 pontos, em posição intermediaria na tabela, mas situação melhor que a do Inter, que tem apenas 7 pontos e só não está na zona de rebaixamento por ter melhor saldo de gols que o Atlético-PR (-2 a -5). 

Na volta da Copa do Mundo, o Palmeiras encara o clássico contra o Santos, no dia 15 de julho, no Pacaembu. Na véspera, o Internacional pega o Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas.

FATOR DEOLA. No primeiro tempo, o Internacional teve mais posse de bola e dominou o jogo. Teria até marcado, não fosse a grande noite do goleiro Deola, responsável por pelo menos duas defesas mensuráveis, uma numa bicicleta de Alecsandro na área e outra num chute de longe de Guiñazu.

INTERNACIONAL1
Lauro; Glaydson (Andrezinho), Bolívar, Sorondo (Fabiano Eller) e Kléber; Sandro, Guiñazu, D'Alessandro e Giuliano; Walter e Alecsandro (Taison)
Técnico: Enderson Moreira
PALMEIRAS1
Deola; Vitor, Danilo, Maurício Ramos e Eduardo Diniz; Pierre, Edinho, Márcio Araújo e Cleiton Xavier (Marcos Assunção); Lincoln e Ewerthon (Paulo Henrique)
Técnico: Jorge Parraga
Gols: Lincoln, aos 14 minutos do primeiro tempo. Giuliano, aos 21 minutos do segundo tempo.

Árbitro: Djalma Beltrami

Renda e público: não disponíveis

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Se o Inter não conseguiu marcar, o Palmeiras conseguiu aproveitar a única chance criada, aos 14. Vitor cruzou na área, Ewerthon ajeitou de cabeça para Lincoln bater de primeira da entrada da área e acertar o canto esquerdo de Lauro para fazer o primeiro gol palmeirense em quatro jogos.

De tanto tentar, o Internacional conseguiu empatar o jogo no segundo tempo. Aos 21, Giuliano arriscou de longe, a bola bateu na zaga e voltou para próprio Giuliano bater no canto, finalmente vencendo Deola.

O Inter até teve a chance de virar o placar, mas chute de Andrezinho, aos 38, bateu no travessão. No último minuto, D'Alesandro levantou na área e Fabiano Eller cabeceou bem para mais uma defesa firme de Deola.

FESTA ANTECIPADA. Antes da Copa do Mundo, o Palmeiras irá apresentar o seu primeiro reforço para segunda parte do Brasileirão. O atacante Kléber será apresentado oficialmente nesta quarta-feira, na Academia de Futebol. Vindo do Cruzeiro, o jogador é a maior esperança dos torcedores para o fim da má fase do ataque palmeirense, que não marcava há três jogos.

PARADA. Os jogadores do Inter ganharão férias de 10 dias e na volta, embarcam para Santa Catarina, onde irão passar 12 dias realizando uma intertemporada. Os preparativos serão completados em Rivera, onde disputará amistoso com o campeão uruguaio Peñarol, no dia 4 de julho. O Palmeiras ainda não informou oficialmente a programação para o período da Copa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.