Alex Silva|Estadão
Alex Silva|Estadão

São Paulo confirma alta de 2 feridos em acidente no Morumbi

Outras duas pessoas continuam internadas após o incidente

Estadão Conteúdo

14 de maio de 2016 | 19h54

O São Paulo emitiu neste sábado uma nota atualizando a situação dos torcedores que se feriram com a queda da grade de proteção do Morumbi no duelo contra o Atlético-MG, na última quarta-feira, no jogo de ida das quartas de final da Libertadores.

Dois torcedores tiveram alta pela manhã. Outros dois continuam internados. A nota informa que Ricardo e Vinícius passaram por intervenções cirúrgicas e deixaram o hospital. No entanto, ainda terão apoio do clube durante a recuperação.

O são-paulino Davi passou por cirurgia e passa bem. Agora aguarda os próximos passos para a alta. O São Paulo informou ainda que Amanda, que chegou a ir para casa, voltou ao hospital na madrugada de sexta para sábado. Ela segue em observação devido a uma inflamação. "O clube segue priorizando o atendimento aos feridos, e permanece à disposição de todos os envolvidos", finalizou a postagem.

A queda da grade de proteção fez com que a Polícia Militar interditasse na sexta-feira a realização de jogos no Morumbi. O órgão irá fazer nova vistoria no estádio após o conserto do estádio. Só então vai liberar para novas partidas. O próximo jogo da equipe como mandante é no dia 22, contra o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro.

Durante a partida contra o Atlético-MG, pela Copa Libertadores, a grade cedeu na hora da comemoração do gol da vitória do time. Cerca de 25 torcedores que estavam em um camarote reservado para a Conmebol caíram de uma altura de cerca de 2,5 metros até o fosso do estádio. O ambulatório do estádio recebeu 16 feridos, sete deles foram removidos para hospitais e, destes, três tiveram fraturas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.