Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Em nova tentativa de trégua, Andrés responde perguntas de torcedores do Corinthians

Dirigente vai participar de um programa na TV Corinthians nas terças-feiras

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

07 Agosto 2018 | 05h00

Na tentativa de conseguir uma trégua com as torcidas organizadas, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, passará a responder perguntas feitas pelos torcedores através da TV Corinthians, canal oficial do clube no Youtube. É mais uma tentativa do dirigente em acalmar os ânimos, após protestos virtuais e na porta do Parque São Jorge na semana passada, em que os corintianos cobravam explicações do dirigente. 

+ Irmão de Romero é oferecido ao Corinthians, mas acordo é difícil

+ Roger volta, mas time não deve ter centroavante contra o Colo-Colo

+ Matheus Matias passa de artilheiro do Brasil a última opção no ataque

Segundo informação divulgada pelo clube, todas terças-feiras, às 10h, o programa batizado de "Papo Reto" terá a participação do dirigente, que responderá perguntas vindas dos torcedores. Nessa primeira edição, o programa terá também a presença de Luís Paulo Rosenberg, diretor de marketing. Os torcedores que estiverem interessados em mandar perguntas poderão fazer os questionamentos através do Twitter e usando a hashtag #paporeto. 

No dia 25 de junho, a Gaviões divulgou um comunicado com vários questionamentos para a diretoria e prometendo que iria protestar caso não tivesse as dúvidas sanadas. No dia seguinte, Andrés, Rosenberg, o diretor financeiro Matias Antonio Romano e o gerente financeiro Roberto Gavioli participaram de uma longa coletiva em que falaram bastante, mas não conseguiram agradar aos torcedores. 

No dia 27, a Gaviões, ao lado das outras organizadas, fez um protesto na frente do Parque São Jorge pedindo explicações e prometeu que não irá parar os protestos até que Andrés responda tudo que foi questionado. Os torcedores cobraram também transparência na gestão do clube e das contas da Arena. 

 

 

Mais conteúdo sobre:
Andrés Sanchez Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.