Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Em novo caso de covid-19 no Palmeiras, Alan Empereur é o 8° jogador infectado

Zagueiro recém-chegado ao clube revela estar com a doença e agora se torna mais um desfalque

Redação, Estadão Conteúdo

16 de novembro de 2020 | 11h22

O surto de covid-19 no elenco do Palmeiras fez mais uma vítima. Nesta segunda-feira, por meio de suas redes sociais, o zagueiro Alan Empereur, que recentemente foi contratado pelo clube, revelou que testou positivo para o novo coronavírus. Ele é agora o oitavo jogador palmeirense a ser infectado pela doença. "Teste positivo para o COVID, Jaja estarei de volta se Deus quiser", escreveu o defensor em seu Instagram.

Os jogadores do Palmeiras farão nesta segunda-feira novos exames de covid-19. O time entra em campo na quarta contra o Ceará, na Arena Castelão, em Fortaleza, pela rodada de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O técnico português Abel Ferreira já tinha perdido sete atletas por causa do surto da doença no clube. São eles o lateral-esquerdo uruguaio Matías Viña, Gabriel Veron, Gabriel Menino, Luan, Rony, Gabriel Silva e Danilo.

O treinador terá de improvisar na frente, pois ficou sem seus atacantes de beirada do campo com a contaminação, também, de Rony, e a lesão de joelho de Wesley. Gustavo Scarpa já vinha atuando na lateral-esquerda e terá de seguir "quebrando galho". Para o ataque, o treinador terá de "inventar" algum meia improvisado já que está sem opções.

O Palmeiras pode até reforçar a marcação, já que tem ótima vantagem de 3 a 0 construída no jogo de ida, no Estádio Allianz Parque, em São Paulo, semana passada. Mas a situação é preocupante e o clube espera que mais ninguém dê positivo nos testes. O clube tem reforçado a atenção dos protocolos de segurança contra a doença. Semana passada, o meia Ramires foi 'dedurado' pela torcida quando estava em festa sem máscara. O clube diz que aplicou multa em dinheiro no jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.