Staff Imagens / Flamengo
Staff Imagens / Flamengo

Em paz com a torcida, Flamengo busca vaga na Copa do Brasil contra a Ponte Preta

Mais de 46 mil ingressos já foram vendidos para a partida no Maracanã

Marcio Dolzan, Estadão Conteúdo

10 Maio 2018 | 06h46

Em paz - ao menos momentânea - com a torcida, o Flamengo recebe a Ponte Preta nesta quinta-feira, às 19h30, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, em busca de uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Vivendo bom momento e precisando de apenas um empate para avançar na competição, o time carioca terá mais uma vez a força do Maracanã a seu favor. Até esta quarta, mais de 46 mil torcedores já haviam assegurando presença para o jogo.

+ Paquetá exalta trabalho de Barbieri no Flamengo e crava: 'Para nós, é efetivo'

+ Diego Alves celebra sequência do Flamengo sem sofrer gols e exalta Barbieri

Líder do Campeonato Brasileiro e acumulando três vitórias em sequência, o Flamengo quer aproveitar o embalo e, mesmo jogando por um empate, terá todos os seus titulares à disposição em campo. O técnico Maurício Barbieri deverá repetir a escalação do último domingo, quando o time rubro-negro venceu o Internacional por 2 a 0.

Um dos destaques do time, Lucas Paquetá é presença certa no jogo e prega cautela. "Sabemos da dificuldade de um jogo mata-mata. Fizemos um bom resultado em um jogo difícil fora, e aqui não será diferente", considerou. Na semana passada, o Flamengo venceu a partida de ida em Campinas (SP) por 1 a 0.

Na Ponte Preta, o técnico Doriva terá um desafio enorme pela frente. A equipe alvinegra precisa no mínimo de uma vitória simples para não ser eliminada - nesse caso, a vaga às quartas de final seria decidida nos pênaltis. Mas, não bastasse ter que buscar o resultado em um Maracanã lotado, o treinador ainda terá que se virar para compensar a ausência de sete jogadores, cinco dos quais titulares na Série B do Brasileiro.

Reginaldo, Léo, Danilo Barcelos, André Luis e Roberto não podem atuar contra o Flamengo porque já jogaram a Copa do Brasil por outras equipes. Orinho, por sua vez, está lesionado, enquanto que Tiago Real está desgastado e deve ficar no banco de reservas.

Apesar disso, a Ponte promete jogar pela vitória. "Conquistamos um resultado importante no fim de semana, o que nos dá confiança e moral para enfrentar o Flamengo", disse Doriva, fazendo referência à vitória por 3 a 2 no clássico contra o Guarani. "É um jogo importante, já viramos a chave. A euforia já passou. Futebol é dinâmico e temos de provar a cada dia".

Mais conteúdo sobre:
futebol Copa do Brasil Flamengo Ponte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.