Em péssima fase, Fluminense pega Grêmio na Copa do Brasil para encerrar jejum

Vindo de oito jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro, sendo que no período acumulou sete derrotas e um empate, o Fluminense recebe o Grêmio nesta quarta-feira, às 22 horas, no Maracanã, pelo confronto de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Estadão Conteúdo

23 de setembro de 2015 | 08h06

Em péssima fase, a equipe carioca terá pela frente um Grêmio que hoje está na terceira posição do Brasileirão e que também vem de derrota - caiu por 3 a 2 diante do Palmeiras, no Pacaembu - no mesmo dia o Flu foi batido por 3 a 1 pela Ponte Preta, em Campinas.

Para retomar o caminho das vitórias, o técnico Eduardo Baptista promoveu mudanças na escalação tricolor, assim como não deverá contar com o volante Jean, poupado do treino desta terça-feira por causa de uma pubalgia. Já o lateral Wellington Silva sentiu dores na coxa esquerda durante o treino e passou a ser dúvida.

Para Eduardo Baptista, a organização do time em campo deve acabar com a série negativa da equipe. "Com organização, conseguiremos nos recuperar. O calendário é intenso e buscamos trabalhar no campo e na conversa este equilíbrio na defesa e ataque. Em pouco tempo acertamos algumas coisas", declarou.

O Grêmio, por sua vez, contará com uma série de novidades na escalação. Um dia depois de ter confirmados os retornos de Galhardo, Giuliano e Maicon, o técnico Roger teve a volta do goleiro Marcelo Grohe aos treinos nesta terça. Recuperado de um torcicolo, ele volta a ser titular após ser desfalque contra o Palmeiras.

Roger ainda deixou de fora da lista de relacionados o goleiro Tiago. O atleta acabou barrado depois de falhar no lance do primeiro gol palmeirense no último sábado, quando saiu da sua meta de forma errada após um cruzamento. O treinador optou por levar Bruno Grassi, Léo e Grohe como opções para a posição.

Já o zagueiro Geromel seguiu em tratamento de lesão no departamento médico e será desfalque do Grêmio. Outro que não poderá atuar é o também defensor Bressan, que não jogará mais nesta Copa do Brasil por ter vestido a camisa do Flamengo nesta edição da competição, assim como Lucas Ramon, que não participa por já ter atuado pelo Londrina. Assim, Rafael Thyere fará a dupla de zaga com Erazo nesta quarta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.