Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Ponte Preta anuncia a demissão do técnico Guto Ferreira

Doriva e Gilson Kleina são cotados para assumir a equipe

Estadão Conteúdo

03 de agosto de 2015 | 21h29

Uma verdadeira "bomba" caiu no Estádio Moisés Lucarelli, na noite desta segunda-feira. O técnico Guto Ferreira não é mais o técnico da Ponte Preta. Depois de uma reunião que começou no final da tarde e invadiu a noite, o clube anunciou o desligamento do treinador. Doriva, dispensado do Vasco, e Gilson Kleina, que está no Avaí, são os nomes cotados para a vaga.

"Após a reunião que tivemos, a diretoria entendeu que a melhor opção para o momento é realizar a troca do comando técnico do clube. Sabemos da qualidade do trabalho do treinador Guto Ferreira, porém, em virtude dos últimos resultados optamos em fazer a troca. Agrademos aos serviço deste treinador e sua comissão", disse o gerente de futebol da Ponte Preta, Gustavo Bueno.

Ironicamente, a demissão ocorre pouco mais de um mês depois de Guto Ferreira recusar uma proposta do Al-Ittihad, dos Emirados Árabes. Proposta com cifras que fizeram o técnico balançar, conforme ele mesmo falou na época. Naquela ocasião, uma reunião com a participação do presidente Vanderlei Pereira, do presidente de honra Sérgio Carnielli, do vice-presidente Giovanni Dimarzio e de Gustavo Bueno convenceu o treinador a permanecer.

Apesar da demissão inesperada, o treinador usou um discurso politicamente correto e evitou entrar em polêmicas. Em entrevista publicada pela assessoria de comunicação da Ponte Preta, na noite desta segunda, ele agradeceu ao clube por esta passagem.

"Deixo meu agradecimento a cada um pelas oportunidades que me deram, pelo ano que tivemos de convivência. Agradeço o torcedor que esteve sempre ao lado da equipe, com prós e contras. Acreditava em reversão (do atual quadro no Brasileirão), mas a vida segue e torço pra que quem venha consiga sucesso", afirmou.

Há sete jogos sem vencer no Brasileirão, a Ponte Preta ocupa atualmente a 12ª posição da tabela, com 19 pontos, e terá como próximo adversário o Flamengo, domingo, às 16 horas, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaGuto Ferreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.