Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Em reapresentação, Atlético-MG confirma empréstimo de nove jogadores

Técnico Levir Culpi terá no máximo 34 jogadores à disposição no elenco nesta temporada

Redação, Estadão Conteúdo

03 Janeiro 2019 | 21h42

A pré-temporada do Atlético Mineiro se iniciou nesta quinta-feira na Cidade do Galo com novidades e definições. O clube revelou a previsão de que 34 jogadores serão aproveitados pelo técnico Levir Culpi, embora nem todos estejam à disposição do treinador neste momento. Além disso, nove atletas foram emprestados.

O clube confirmou ter cedido Capixaba (Vila Nova-GO), Danilo (Vasco), Leonan (Botafogo-SP), Nathan (Ponte Preta), Ralph (Boavista-RJ), Rodrigão (Ferroviária), Ruan (Boa), Edinho (Fortaleza) e Denilson (Al Faisaly, da Arábia Saudita).

As novidades da reapresentação foram os dois reforços oficializados nos últimos dias pelo clube, o lateral-direito Guga, que estava no Avaí, e o zagueiro Réver, ex-Flamengo.

A eles, deve se juntar nos próximos dias o zagueiro Igor Rabello, que pertence ao Botafogo e desembarcou nesta quinta-feira em Belo Horizonte para a realização de exames médicos. O zagueiro Gabriel, que será cedido ao time carioca na negociação, nem foi incluído na lista de jogadores à disposição de Levir.

Essa relação conta com 34 nomes, mas nem todos vão participar do começo da pré-temporada. O goleiro Uilson, o lateral Renan Guedes, o zagueiro Leonardo Silva e o volante Gustavo Blanco estão lesionados. O lateral Emerson está com a seleção brasileira sub-20 para a disputa do Sul-Americano da categoria, enquanto o também lateral Hulk, o volante Neto, o meia Bruninho e o atacante Alerrandro defendem o Atlético-MG na Copa São Paulo.

O Atlético-MG fará a sua estreia oficial na temporada no dia 20, quando vai receber o Boa pela primeira rodada do Campeonato Mineiro. Nesta sexta-feira, o elenco vai treinar em dois períodos na Cidade do Galo, às 9h30 e às 16h30.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Atlético Mineirofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.