Mauricio Mano/ CAP
Mauricio Mano/ CAP

Em Recife, Athletico-PR faz duelo direto com o Sport contra a queda

Equipe paranaense entra em campo na vice-lanterna da competição e precisa vencer para sonhar em terminar o turno fora da zona de rebaixamento

Redação, Estadão Conteúdo

01 de novembro de 2020 | 13h26

O Athletico-PR espera retomar o caminho das vitórias neste domingo, quando faz um confronto direto contra o rebaixamento diante do Sport, às 16 horas, na Ilha do Retiro, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na zona de rebaixamento, com 16 pontos, o time paranaense ainda tem um jogo pendente no primeiro turno - contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte, pela sexta rodada. Mas faz tempo que não sabe que é vencer.

A sua última vitória foi sobre o Bahia, por 1 a 0, no dia 26 de setembro. De lá para cá, contando jogos do Brasileirão, da Copa Libertadores e da Copa do Brasil, foram seis derrotas e três empates. Mas, se depender do meia Léo Cittadini, a má fase está com os dias contados.

"Precisamos caprichar mais nas finalizações para vencer. Nosso grupo está unido e focado. Temos a consciência dessa fase que estamos vivendo. Podem ter certeza que vamos nos dedicar todos os dias para tirar o Athletico dessa situação", disse o meia.

Como Paulo Autuori está suspenso, quem vai comandar o Athletico-PR neste domingo é o auxiliar Bernardo Franco. E ele tem problemas. O lateral-esquerdo Abner Vinícius cumpre suspensão automática, enquanto os zagueiros Pedro Henrique e Thiago Heleno seguem de fora. O primeiro está lesionado e o companheiro testou positivo para covid-19.

Por outro lado, Franco tem as voltas do meia Jorginho e do atacante Renato Kayzer, que não atuaram contra o Flamengo na Copa do Brasil pois já haviam disputado a competição pelo Atlético-GO. Apenas Kayzer deve ser titular, no lugar de Walter.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.