Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Em recuperação, atacante Luis Fabiano volta a treinar com bola

Jogador está afastado dos gramados há mais de dois meses e nesta segunda fez treino leve, separado do elenco, para aprimorar o físico

Gonçalo Júnior, O Estado de S. Paulo

18 de agosto de 2014 | 16h36

Depois de mais de dois meses afastado dos gramados, o atacante Luis Fabiano voltou aos treinamentos no São Paulo na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda. Ele fez um treino leve, separado do elenco, acompanhado pelos preparadores físicos. O atacante deve estar à disposição do técnico Muricy Ramalho dentro de duas semanas.

Luis Fabiano teve uma lesão na coxa esquerda no dia 20 de junho, no amistoso contra o Orlando City, nos Estados Unidos, na interrupção do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo. Ele não terminou a preparação com o grupo e logo já iniciou o tratamento. Quando foi voltar a treinar em campo, semanas depois, sentiu novamente dores na coxa. Fez uma nova tentativa antes da partida contra a Chapecoense, no dia 17 de julho, mas uma nova lesão foi constatada. Desde então, o atacante estava em recuperação e fortalecimento muscular.

Logo após a vitória no clássico sobre o Palmeiras, por 2 a 1, o técnico Muricy Ramalho evitou comentar uma eventual escalação do atacante. Atualmente, a equipe atua com Pato, Ganso, Kardec e Kaká na linha ofensiva. "Só vou ter essa preocupação quando eu puder contar com ele. Vai treinar pouco a pouco, fez reforço muscular. Não queremos que ele tenha recaída. Quando tiver essa dor de cabeça para montar o time, eu tomo o remédio", disse o treinador.

Para jogo desta quarta-feira, contra o Internacional, em Porto Alegre, Muricy terá a volta de Osvaldo, que cumpriu suspensão contra o Palmeiras. Por outro lado, a equipe não terá Souza, que tomou o terceiro cartão amarelo. Rodrigo Caio, Antonio Carlos, Douglas e Maicon estão lesionados. Rogério Ceni sentiu dores na coxa direita e será avaliado nesta terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.