Em recuperação, Essien teme ficar fora do Mundial

O meia Michael Essien, da seleção de Gana, revelou nesta quarta-feira que sua lesão no joelho ainda não está totalmente curada, o que pode tirá-lo da Copa do Mundo da África do Sul.

AE, Agência Estado

21 de abril de 2010 | 19h04

O jogador do Chelsea, que não entra em campo desde dezembro, esperava retornar aos jogos antes do fim do Campeonato Inglês, mas uma série de atrasos em seu programa de recuperação deverá deixá-lo sem jogar até o fim da temporada.

"Não jogarei contra o Stoke e, para ser honesto, é possível que a minha temporada no Chelsea esteja no fim", lamentou o jogador, se referindo à partida do próximo domingo. "Ainda dependo das avaliações do departamento médico, mas parece cada vez mais improvável que eu entre em campo ainda nesta temporada".

Essien mostra maior preocupação com suas chances de disputar o Mundial. "Neste momento eu não sei [se poderá jogar]. Estou levando um dia de cada vez e, se eu tiver condições, com certeza vou jogar. Se não der, vou sentar no meu sofá e torcer pela seleção assim como os demais torcedores ganenses", afirmou o atleta, que não sabe quando terá sua situação definida pelos médicos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do MundoGanaEssien

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.