Em reedição de final, Palmeiras empata com Coritiba

Mesmo cenário, mesmo placar. E, como aconteceu na final da Copa do Brasil, o Coritiba saiu de campo decepcionado com o empate por 1 a 1 com o Palmeiras, desfalcado, na noite desta quinta-feira, no Estádio Couto Pereira. Jogando em casa, o time paranaense esteve mais perto da vitória e só não somou três pontos por conta da atuação decisiva do goleiro Bruno.

FELIPE ROSA MENDES, Agência Estado

19 de julho de 2012 | 23h02

Como consolo, o Coritiba deixou a zona de rebaixamento, agora com 8 pontos, na 15ª colocação da tabela do Brasileirão. O Palmeiras tem 7 e segue na zona da degola, em 18º. O resultado, porém, será pouco lamentado pela comissão técnica já que o time viajou à Curitiba com dez desfalques. Além disso, o técnico Luiz Felipe Scolari não pôde ficar no banco de reservas, porque estava suspenso.

Para o time paulista, a partida marcou a reestreia de Obina, que mal teve tempo para treinar com o restante do grupo. Ele ganhou uma chance no segundo tempo justamente por causa dos desfalques palmeirenses.

O JOGO - Ainda no embalo da Copa do Brasil, o Palmeiras começou em ritmo acelerado e não tomou conhecimento do rival. Abriu o placar logo aos 5 minutos, quando Betinho se esticou dentro da área para dar assistência a Patrik, que bateu de primeira e mandou no fundo das redes.

Melhor em campo, apesar dos desfalques, o Palmeiras resistiu à pressão imposta pelo Coritiba após o gol. O time da casa apostava nas jogadas pela direita, mas de forma desorganizada. Só levou maior perigo aos 23. Pereira precisou de duas chances, de cabeça e no rebote de Bruno, para balançar as redes. O árbitro, porém, assinalou o impedimento.

Sem tirar o pé do acelerador, o Palmeiras ficou perto de marcar o segundo gol aos 19. Mazinho escapou pela esquerda e cruzou com perigo para chegada surpresa de Fernandinho. A defesa fez o desvio antes da conclusão do meia. Mas o ritmo dos visitantes decaiu quando o Coritiba reduziu os erros e mostrou mais iniciativa no ataque.

O Palmeiras, então, passou a frequentar menos o ataque, enquanto os anfitriões ensaiavam nova pressão. Aos 32, Éverton Ribeiro bateu rasteiro da entrada da área e parou na defesa de Bruno. Dez minutos depois, Éverton Costa desperdiçou grande chance ao cabecear dentro da pequena área. No reflexo, Bruno desviou de canela e evitou o empate.

Mas o Coritiba não desanimou. Com as entradas de Lincoln e Anderson Aquino no início do segundo tempo, o time melhorou no meio-campo e se tornou mais ofensivo. Aos poucos, as chances começaram a se acumular.

A melhor aconteceu aos 20, em um incrível bate-rebate dentro da área. O lance teve início com bela cobrança de falta de Ayrton, no travessão. Na rápida sequência, Aquino e Pereira foram neutralizados aos trancos e barrancos pela atrapalhada defesa palmeirense.

O Coritiba, porém, não desperdiçou a segunda chance. Aos 22, a zaga paulista vacilou e não viu Anderson Aquino surgir no meio da área, sem marcação, para cabecear para as redes. O empate reabasteceu o time da casa, que passou a pressionar de forma desesperada em busca da virada.

O Palmeiras se segurava como podia e contava com boas defesas de Bruno. Mesmo com Obina em campo, em sua reestreia pela equipe paulista, o time abdicou de atacar. Os anfitriões, contudo, não aproveitaram o melhor momento em campo, e nem o apoio da torcida, e tiveram que se contentar com o empate.

Na próxima rodada, o Palmeiras receberá o Náutico, na Arena Barueri, domingo, às 16 horas. No mesmo dia, mas às 18h30, o Coritiba buscará a reabilitação diante do Bahia, também dentro da zona de rebaixamento, no Pituaçu.

FICHA TÉCNICA:

CORITIBA 1 x 1 PALMEIRAS

CORITIBA - Vanderlei; Ayrton, Emerson, Pereira, Lucas Mendes (Anderson Aquino); Willian (Lincoln), Júnior Urso, Rafinha, Éverton Ribeiro; Robinho e Éverton Costa (Thiago Primão). Técnico: Marcelo Oliveira.

PALMEIRAS - Bruno; Arthur, Leandro Amaro, Wellington, Juninho; Márcio Araújo, Fernandinho, Patrik, Daniel Carvalho (Felipe); Mazinho (João Denoni) e Betinho (Obina). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

GOLS - Patrik, aos 5 minutos do primeiro tempo. Anderson Aquino, aos 22 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Lucas Mendes, Wellington, Juninho, Éverton Ribeiro, Mazinho, Lincoln.

CARTÃO VERMELHO - Pereira.

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (MG).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPalmeirasCoritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.