Divulgação/Internacional
Divulgação/Internacional

Em retorno à capital, Guto Ferreira volta a fechar treino do Inter

Maior dúvida entre os titulares recai sobre a posição de Edenilson

O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2017 | 16h38

Após passar quatro dias em Viamão, a delegação do Internacional voltou à capital e retomou os treinos nesta sexta-feira. Mas a mudança de cidade não alterou a rotina do time. Mais uma vez, o técnico Guto Ferreira fechou o treino da equipe gaúcha, que se prepara para o duelo com o Boa, neste sábado, em rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O treinador aproveita a semana livre de jogos - a primeira desde que chegou ao clube - para dar sua "cara" ao time, que sofre para emplacar uma boa sequência de jogos na segundona. Para tanto, ele levou a equipe para o interior do estado, visando maior privacidade na definição da equipe.

A maior dúvida entre os titulares recai sobre a posição de Edenilson. Ele será desfalque certo no fim de semana por questões burocráticas com o Genoa (empréstimo) e a Udinese, que é dona dos seus direitos. Ele precisa aguardar a abertura da janela de transferências na Itália para ser novamente regularizado no futebol brasileiro.

Sem o volante, Guto Ferreira deve contar com Fabinho, que fora improvisado na lateral-direita na rodada passada. Outras baixas são o suspenso Uendel e Nico López, William Pottker, todos lesionados. Felipe Gutiérrez também está fora, porque defende o Chile na Copa das Confederações, na Rússia. Em compensação, o treinador terá o retorno de Victor Cuesta, recuperado de lesão.

Para o duelo deste sábado, o técnico deve escalar o Inter com Danilo Fernandes; Junio (Cláudio Winck), Klaus, Víctor Cuesta (Danilo Silva) e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Charles, Fabinho e D'Alessandro; Eduardo Sasha e Brenner.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.