Divulgação
Divulgação

Em Ribeirão, Palmeiras encara o Botafogo e inicia a era 'sem chutão'

Equipe alviverde estreia cheia de expectativa

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

31 Janeiro 2016 | 07h00

O Palmeiras estreia na temporada de 2016 neste domingo, contra o Botafogo, às 19h30, no estádio Santa Cruz, com nenhuma novidades no time titular, sob o ponto de vista de jogadores, mas com uma importante alteração tática: O fim dos "chutões" para o campo de ataque. Pelo menos, é o que se espera, após tanto treinamentos, o técnico Marcelo Oliveira.

No ano passado, as ligações do campo de defesa direto para o ataque foram motivos de muitas críticas da torcida. "Tínhamos muita dificuldade na criação e tentamos corrigir isso na pré-temporada", disse o treinador. 

Durante os coletivos, era normal ver Marcelo Oliveira aos gritos para orientar os defensores a trabalharem a bola com os meias. O fato de exigir maior movimentação do meio para frente faz também com que Dudu permaneça atuando mais centralizado e Robinho caia pelas pontas.

"A ideia é começar com o Dudu centralizado e tendo a possibilidade de inverter com o Robinho, algo que pode causar surpresa no adversário. Eles têm características diferentes e podem não só trocar, como Dudu fazer a diagonal por fora e o Robinho se apresentar dentro da área", explicou ou comandante palmeirense.

Em relação ao time, nenhum dos oito reforços serão titulares. Edu Dracena chegou a treinar entre os 11 iniciais, mas sofreu uma lesão na panturrilha e desfalca o time nas primeiras rodadas. Lucas Barrios, que vinha treinando entre os titulares nas últimas atividades, foi poupado por uma inflamação na lombar. Rodrigo também está fora por contusão e Jean readquire forma física. Vagner, Roger Carvalho, Régis e Erik ficam no banco de reservas enquanto Moisés aguarda documentação para ser inscrito. 

Já no Botafogo, o técnico Marcelo Veiga começa o ano sem poder contar com o lateral Samuel Santos, machucado. Em seu lugar, Daniel Borges é quem começa jogando. 

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO:

Neneca; Daniel Borges, Caio Ruan, Mirita e Augusto Ramos; César Gaúcho (Allan Dias), Rodrigo Thiesen, Diego Pituca e Danilo Bueno; Paulinho e Nunes.

Técnico: Marcelo Veiga

PALMEIRAS

Fernando Prass; Lucas, Vitor Hugo, Leandro Almeida e Zé Roberto; Matheus Sales, Arouca, Dudu, Robinho e Gabriel Jesus; Alecsandro

Técnico: Marcelo Oliveira

JUIZ: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)

LOCAL: Santa Cruz, em Ribeirão Preto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.