Lucas Uebel|Grêmio|Divulgação
Lucas Uebel|Grêmio|Divulgação

Em ritmo de treino, Grêmio bate Ypiranga na estreia do Gaúcho

Equipe de Renato Gaúcho vence, na Arena Grêmio, por 2 a 0

Estadao Conteudo

02 Fevereiro 2017 | 23h18

O Grêmio estreou com vitória na edição de 2017 do Campeonato Gaúcho. No único confronto ainda a ser jogado pela primeira rodada da competição, a equipe de Renato Gaúcho passou sem muitas dificuldades pelo Ypiranga nesta quinta-feira, por 2 a 0, na Arena. Henrique, contra, no primeiro tempo, e Fernandinho, no segundo, definiram o triunfo tricolor.

Com o resultado, o Grêmio se junta a Internacional e Novo Hamburgo, únicas equipes que venceram em meio aos três empates da primeira rodada do Gaúcho. No domingo, o time tricolor volta a campo para encarar o Caxias, fora de casa. Já o Ypiranga tentará a recuperação contra o Passo Fundo, no mesmo dia, em Erechim.

Já sem Walace, negociado com o Hamburgo, o Grêmio entrou em campo com Jailson como titular no meio de campo. Entre os novos reforços, o lateral-direito Leonardo foi o único a começar a partida, na vaga de Edílson. Cortez, Michel e Jael ficaram no banco, enquanto Léo Moura, fora de forma, e Beto da Silva, ainda não regularizado, sequer foram relacionados.

Em ritmo quase de treino, o Grêmio manteve a posse de bola no início, mas encontrou dificuldades para entrar na defesa do Ypiranga. Aos 32, a primeira oportunidade: Douglas cobrou falta pela direita, Geromel subiu mais que a zaga e testou firme, mas Carlão mostrou reflexo para fazer grande defesa.

Dez minutos depois, Douglas tabelou com Pedro Rocha e tocou para o meio da área. Na ânsia de afastar o perigo, Tyrone tocou contra o próprio gol e foi salvo por outra grande defesa de Carlão. Tratava-se de um prenúncio do que viria a acontecer dois minutos depois, quando Henrique foi quem desviou contra o próprio gol após escanteio da esquerda, mas desta vez o goleiro do Ypiranga nada pôde fazer: 1 a 0 Grêmio.

Imediatamente, o Ypiranga se lançou à frente e chegou a desperdiçar grande oportunidade aos 36 minutos. Após bela jogada pela esquerda e finalização rebatida pela defesa gremista, a sobra ficou na área com Maycon, que tocou no travessão. Nos acréscimos, Michel aproveitou cruzamento da direita e cabeceou com estilo, para o chão, mas Marcelo Grohe voou para espalmar

O ritmo de treino do Grêmio manteve-se no início do segundo tempo, e para mudá-lo, Renato colocou a equipe no ataque, com Fernandinho na vaga de Leonardo. Somente quatro minutos depois, a alteração surtiu efeito. Aos 21, o atacante que voltou de empréstimo recebeu de Pedro Rocha na entrada da área, pela direita. Com a canhota, foi levando para o meio e passou por dois marcadores, antes de bater no canto esquerdo do goleiro e marcar belo gol.

O segundo gol fez ruir a esperança do Ypiranga de buscar o empate, e o que se viu até o apito final foi o Grêmio administrando o resultado e criando chances esporádicas, mesmo sem forçar. Aos 23, Luan arriscou por cobertura da entrada da área e levou perigo. Aos 30, ele mesmo finalizou na marcação dentro da área. Mesmo sem ser brilhante, o time tricolor venceu com autoridade e saiu aplaudido pela torcida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.