Em sua volta à Espanha, Raúl crê no avanço do Schalke

Após cerca de 15 anos atuando com sucesso pelo Real Madrid, o que o credencia como um dos maiores ídolos do clube na história, o atacante Raúl voltará a jogar na Espanha pela primeira vez após sua saída, em 2010. Hoje no Schalke 04, o jogador estará em campo no duelo diante do Valencia, nesta terça-feira, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

AE-AP, Agência Estado

14 de fevereiro de 2011 | 14h27

"Eu estou muito otimista. Mostramos o que somos capazes de fazer durante a fase de grupos. Ainda temos a vantagem de jogar em casa na partida de volta", declarou o atacante, lembrando do confronto de volta, em Gelsenkirchen, que será no dia 9 de março.

O jogador espanhol tem boas memórias do adversário desta terça. Em 25 jogos contra o Valencia, quando ainda atuava pelo Real Madrid, Raúl marcou 13 gols, incluindo um na decisão da Liga dos Campeões da temporada 1999-2000, quando o time madrilenho venceu por 3 a 0 e sagrou-se campeão.

"O Raúl gosta muito deste confronto", declarou o treinador da equipe espanhola, Unai Emery, demonstrando preocupação com o atacante, que foi muito aplaudido pelos torcedores espanhóis no desembarque do Schalke 04 em Valência, nesta segunda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.