Alexandre Lops/Divulgação
Alexandre Lops/Divulgação

Em tarde inspirada dos goleiros, Ponte Preta e Inter empatam sem gols

Marcelo Lomba e Alisson são os destaques em Campinas

Estadão Conteúdo

26 de julho de 2015 | 18h25

A Ponte Preta não aproveitou a "ressaca" do Internacional pela eliminação na Copa Libertadores e viu o jejum de vitórias aumentar no Campeonato Brasileiro. Em uma tarde inspirada dos goleiros Marcelo Lomba e Alisson, os dois times empataram sem gols, neste domingo, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 15.ª rodada.

Com mais este tropeço, o clube de Campinas chegou ao sexto jogo sem vitórias no Brasileirão, com três empates e três derrotas. A queda de rendimento faz o time se aproximar da zona de rebaixamento, com 19 pontos, no 12.º lugar. Os gaúchos seguem em posição intermediária, em décimo, com apenas 20 pontos.

O primeiro tempo foi bastante movimentado e com muitas oportunidades de gols. As redes só não foram balançadas porque os dois goleiros estavam em tarde inspirada. A melhor chance foi para os donos da casa, aos 14 minutos. O atacante Borges foi lançado na área e, sozinho, chutou em cima do goleiro gaúcho.

Na segunda etapa, a partida seguiu bastante movimentada. O time de Campinas continuou com mais posse de bola, mas os visitantes continuavam perigosos nos contra-ataques. Como aos 22 minutos, quando o Inter criou sua melhor chance. Após rápida troca de passes, o meia Valdívia saiu livre na área e bateu para grande defesa de Marcelo Lomba.

No próximo domingo, às 16 horas, a Ponte Preta volta a campo para um confronto direto contra o Figueirense, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Enquanto isso, o Internacional joga contra a Chapecoense, no mesmo dia e horário, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0 X 0 INTERNACIONAL

PONTE PRETA - Marcelo Lomba; Rodinei, Tiago Alves, Diego Ivo e Gilson; Fernando Bob, Juninho e Felipe (Bady); Felipe Azevedo (Keno), Biro Biro e Borges (Leandrinho). Técnico: Guto Ferreira.

INTERNACIONAL - Alisson; William, Ernando, Alan Costa e Geferson; Rodrigo Dourado, Anderson (Valdívia) e Alex (Nicolás Freitas); Eduardo Sasha, Nilmar (Vitinho) e Lisandro Lopez. Técnico: Diego Aguirre.

ÁRBITRO - Bruno Arleu de Araujo (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Gilson e Biro Biro (Ponte Preta); Geferson e Nicolás Freitas (Internacional).

RENDA - R$ 80.090,00.

PÚBLICO - 4.698 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.