Divulgação<br>
Divulgação<br>

Em tratamento, Jonás Gutierrez revela ter câncer no testículo

Meia do Newcastle, com passagem pela seleção argentina, tem doença desde 2013 e está realizando tratamento em seu país

O Estado de S. Paulo

17 Setembro 2014 | 09h49

"Sumido" desde o começo da temporada quando voltou de empréstimo do Norwich para o Newcastle, Jonás Gutierrez apareceu mostrando que seu atual desafio é pela vida. Em entrevista ao TyC Sports, o meia, que atuou pela seleção argentina na Copa de 2010, revelou que está lutando contra um câncer no testículo, obtido no ano passado.

"Em maio de 2013, tive um choque com Sagna, do Arsenal, e senti uma dor muito forte no testículo", afirmou o meia que passou por várias clínicas que passaram o disgnóstico errado. "Quando me confirmaram que eu tinha câncer, fui para casa chorando", relatou Gutiérrez, que decidiu realizar o tratamento do tumor na Argentina, perto de sua família.

O jogador escondeu a doença por meses e resolveu a revelar com o intuito de inspirar outras pessoas a também buscarem tratamento. "Foi difícil ver o meu cabelo cair. Eu não queria cortá-lo. Um dia, todos meus amigos chegaram com o cabelo raspado. Foi um gesto muito lindo. Lutar contra um câncer faz com que o resto dos problemas sejam insignificantes. É o jogo mais difícil que tenho que jogar. Mas já tem um final", afirmou Jonás, que está confiante na plena recuperação.

Mesmo esperançoso, o receio do jogador de 31 anos é com o seu atual clube. Ciente da situação do meia, o Newcastle pouco fez para ajudar o atleta. Apesar disso, Jonás Gutiérrez se concentra em seu tratamento. "Eu vim para cá e assumi os custos, apesar de ter um contrato com o Newcastle. O dinheiro não é importante, o importante é a saúde".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.