Em troca de cestas básicas, STJD reduz pena de Marcão

'Esta situação que estou vivendo é pior que uma lesão', disse o jogador, que foi pego no antidoping

18 de outubro de 2007 | 19h11

O zagueiro Marcão pode reforçar o Internacional no jogo de domingo, contra o Juventude, no Beira-Rio. O jogador havia sido flagrado no exame antidoping e punido com 120 dias de suspensão, mas conseguiu a redução da pena pela metade junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em troca da doação de 60 cestas básicas a uma entidade beneficente. "Esta situação que estou vivendo é pior que uma lesão", disse o jogador, que foi pego no antidoping com a substância finasterida, um hormônio que é encontrado em remédios para a queda de cabelo. "Fiquei treinando forte e estou pronto jogar neste momento decisivo", concluiu o jogador, que curiosamente foi flagrado justamente no jogo contra o Juventude, no primeiro turno. Com apenas 41 pontos, o Inter ocupa a 13.ª posição no Brasileiro e segue ameaçado pelo rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.